Cuiabá, segunda-feira, 16/09/2019
08:23:10
informe o texto

Notícias / Mato Grosso

04/06/2019 às 09:57

Deputado João Batista pede reabertura da Cadeia Pública de Aripuanã

O parlamentar cobra “mais respeito” do governador em relação aos munícipes da região Noroeste do Estado

Leiagora

Deputado João Batista pede reabertura da Cadeia Pública de Aripuanã

Foto: Assessoria

O deputado estadual João Batista (Pros), considerado um dos representantes do funcionalismo público na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT), assim como no setor da Segurança Publica, esteve na última sexta-feira (31), na Câmara Municipal de Aripuanã, participando da audiência Pública que debateu o fechamento da Cadeia Pública da cidade, ocorrido no último dia 05 de maio.

De acordo com o parlamentar, que defendeu a reabertura da unidade, é preciso que o governador Mauro Mendes tenha ‘mais respeito’ com todos os munícipes de Aripuanã, assim como os servidores do Sistema Penitenciário.

“A cidade de Aripuanã está em pleno desenvolvimento, e o momento que o Governo do Estado decide retirar nossos agentes daqui e os encaminha para Juína, contribui para o crescimento da violência. Acredito que se o governador tiver o mínimo de respeito, o mínimo, com a população de Aripuanã, ele irá voltar em sua decisão e reabrir a Cadeia Pública da cidade”, disse João Batista durante entrevista após a Audiência.

O deputado lembrou também o déficit logístico da região, localizado a mais de 1.000 km de Cuiabá. “Não estamos falando de uma cidade como Nobres e Rosário Oeste, que fica apenas 20 km de distância de uma para outra. Estamos falando de um município que a cidade mais próxima fica a 150 km de distância, por meio de uma das estradas de chão que é uma das piores do Estado de Mato Grosso. Daqui para Juína, por exemplo, são mais de 250 km, por isso acredito que o governador irá se sensibilizar e voltar atrás”.

Logo após sua participação na Audiência, João Batista organizou uma roda de conversa com alguns servidores do Sistema Penitenciário, que com o remanejamento para outras cidades, estão apreensivos e buscam uma alternativa junto ao deputado.

“O Governo do Estado deve olhar para os seus servidores com mais carinho. São 18 agentes que foram remanejados para outras unidades, deixando sua rotina familiar e gerando despesas para muitos. Entretanto, acredito que se trata apenas de uma decisão política, basta apenas que o governador demonstre humildade e devolva a Cadeia Pública de Aripuanã”, finalizou João Batista.
Da assessoria, Bruno Barreto

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet