Cuiabá, quarta-feira, 17/07/2019
23:59:51
informe o texto

Notícias / Judiciário

04/06/2019 às 17:01

Defesa de Giovanni nega que ele seja 'testa de ferro' de Arcanjo

O genro de Arcanjo preferiu se manter em silêncio durante o depoimento na GCCO

Luana Valentim e Luzia Araújo

O advogado Ulysses Rabaneda, que faz a defesa de Giovanni Zen – genro de João Arcanjo –preferiu ficar em silêncio durante o depoimento nesta terça-feira (04), na Gerência de Combate ao Crime Organizado.

Rabaneda nega que Giovanni seja o ‘testa de ferro’ de Arcanjo na organização criminosa, denominada Colibri, que praticava o famoso jogo do bicho.

“É um direito constitucional que ele tem. A polícia está investigando o caso a mais de um ano e a operação foi deflagrada na quarta-feira da semana passada, então ainda estamos recolhendo os documentos, tendo acesso e ainda não tivemos acesso a tudo. Como o interrogatório é um direito e um meio de defesa, após ter acesso a tudo, ele se dispõe a prestar os esclarecimentos”, disse.

O advogado ainda destacou que desconhece a planilha encontrada na casa de Giovanni, mas que após ter acesso e analisá-la, poderá falar do que se trata.

“A linha da defesa é mostrar a inocência de Giovanni, sendo essa investigação que está tramitando há mais de um ano, algumas interceptações telefônicas foram captadas e nada mais salutar do que ouvir o interrogado após ter acesso a tudo, onde ele vai explicar tudo que foi questionado”, pontuou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Qual seu posicionamento em relação a Reforma da Previdência?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet