Cuiabá, segunda-feira, 24/06/2019
12:16:21
informe o texto

Notícias / Primavera do Leste

07/06/2019 às 09:56

Vereadores ouvem moradores da BR 070

A Prefeitura Municipal, dentro do que compete ao município, ofereceu aos moradores um auxílio aluguel pelo período de seis meses, no valor de R$ 550,00

Leiagora

Vereadores ouvem moradores da BR 070

Foto: Assessoria

Os vereadores da Câmara Municipal de Primavera do Leste foram procurados, na manhã de ontem (06) pelas famílias que moram ás margens da rodovia BR-070, após os moradores receberem mais uma notificação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para deixarem a área de domínio federal, para que as obras da rodovia sejam retomadas. A Prefeitura Municipal, dentro do que compete ao município, ofereceu aos moradores um auxílio aluguel pelo período de seis meses, no valor de R$ 550,00, previsto na Lei nº 1.781, aprovada pelos vereadores no início deste ano. Essa mesma legislação instituiu o projeto ‘Vida Nova’ que autoriza a construção de 48 residências para abrigar essas famílias, cadastradas no setor de habitação até 2015.

No entanto, os moradores demonstram insegurança em deixar o local e não serem contemplados com as casas do projeto Vida Nova. Conforme Mônica Vaz dos Santos, que mora no local há 15 anos, “recebemos uma notificação da Secretaria de Assistência Social e fomos formalizar o pedido de aluguel, no entanto, fomos informados que ainda não há um prazo concreto para entrega das residências. Com o valor desse auxílio aluguel, a gente não consegue pagar um aluguel, em Primavera. Vamos ter que complementar, mas se nesses seis meses as casas não forem entregues, como vamos ficar?”

Conforme o presidente da Câmara Paulo Márcio (DEM), esse é um problema que se arrasta há anos e, o Legislativo, tem uma grande preocupação com essa situação de cunho social. Ele lembrou que os vereadores tiveram uma atenção especial quando a Lei do Projeto ‘Vida Nova’ tramitava na Casa, “pois entendemos que as famílias que vivem naquela região estão em condição de vulnerabilidade social e enfrentam situações de risco, diariamente, principalmente a falta de segurança”.

A vereadora Carmen Betti (PSC) salientou que não há como fingir que o problema não existe, mas é que preciso buscar uma solução. “São famílias vivendo em desconforto. Vejo um grande esforço do Executivo e Legislativo em resolver essa situação e, é preciso essa segurança da moradia, para que eles se sintam seguros em deixar o local”.

Para o vereador Luis Costa (PR) o retorno dessa obra, esperada pela população primaverense há anos, é de extrema importância. “Vamos melhorar muito a nossa trafegabilidade e dar mais segurança aos motoristas e para a população, no entanto, precisamos resolver essa questão social, dos moradores das margens para que não haja prejuízos”.

Em busca de encontrar uma solução, outra reunião com representantes dos moradores, prefeito e secretária de assistência social deverá ser agendada para encontrar a solução que o caso requer.

 
Direto de DRIELY PINOTTI , Assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Qual seu posicionamento em relação a Reforma da Previdência?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet