Cuiabá, quarta-feira, 18/09/2019
17:57:44
informe o texto

Notícias / Política

07/06/2019 às 10:18

Governo decide em 30 dias futuro do VLT

A obra já recebeu mais de R$ 1,2 bilhão e até o momento, impasses jurídicos impedem à conclusão

Fernanda Leite

Governo decide em 30 dias futuro do VLT

Foto: Assessoria

O governador Mauro Mendes (DEM) divulgará, no prazo de 30 dias, se irá ou não terminar a obra do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). O chefe do executivo elogiou a decisão do Tribunal de Justiça (TJ), que manteve a rescisão do contrato com o Consórcio Cuiabá/Várzea Grande.

“Na avaliação do governo a rescisão do contrato era a decisão certa a ser tomada, em face a todos os fatos elencados ao longo da ação judicial”, consta.
 
A obra do VLT deveria ser entregue antes da Copa do Mundo de 2014, onde Cuiabá sediou os jogos. Em 2017, o Executivo rompeu as negociações com o Consórcio VLT.

A obra já recebeu mais de R$ 1,2 bilhão e, até o momento, impasses jurídicos impedem à conclusão. O Governo exigiu na justiça o pagamento de uma multa de R$ 147 milhões (10% do valor do contrato), por infrações contratuais e indenização dos prejuízos causados ao Estado de Mato Grosso.

Por outro lado, por meio de nota, o Consórcio afirmou continuar trabalhando no Projeto VLT , pois considera ser a melhor solução de transporte, o modal mais seguro, cômodo e eficaz, promotor de melhorias urbanísticas e do bem-estar social e econômico, o que, por consequência, resultará em benefício de todos os mato-grossenses.

Nota do governo

O Governo de Mato Grosso reputa como correta a decisão do Tribunal de Justiça, conferida na tarde desta quinta-feira (04.06), pela Turma de Câmaras Cíveis Reunidas de Direito Público Coletivo, que manteve a rescisão do contrato do Estado com o Consórcio VLT.

Na avaliação do governo a rescisão do contrato era a decisão certa a ser tomada, em face a todos os fatos elencados ao longo da ação judicial.

O Estado irá, em 30 dias, decidir os próximos passos e o destino do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet