Cuiabá, domingo, 22/09/2019
12:19:43
informe o texto

Notícias / Cidades

10/06/2019 às 10:49

Pinheiro repudia paralisação dos motoristas do transporte coletivo: 'Vou acionar a Justiça'

Luana Valentim

Pinheiro repudia paralisação dos motoristas do transporte coletivo: 'Vou acionar a Justiça'

Foto: Reprodução da internet

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) repudiou, por meio de nota, a paralisação surpresa dos motoristas do transporte coletivo de Cuiabá e Várzea Grande nesta segunda-feira (10). O chefe do Executivo municipal alega que o movimento é ilegal, uma vez que acontece sem o aviso prévio de 72h conforme estabelecido por lei.

“O transporte público é um serviço essencial e também um direito social, portanto, 30% da frota deveria ser mantida em circulação”, disse na nota.

Pinheiro determinou que o secretário Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo, se reúna com representantes do Sindicato dos Motoristas e das empresas para buscar uma solução para o retorno imediato do transporte coletivo.

O prefeito disse estranhar a paralisação neste momento, logo após ao lançamento do edital de licitação do transporte coletivo, procedimento esse que não era realizado há 17 anos.

O emedebista ressaltou que houve uma falta de respeito com a população e, diante disso, caso as atividades do transporte coletivo não sejam retomadas ainda hoje, pretende tomar providências na Justiça. 
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet