Cuiabá, quarta-feira, 04/08/2021
20:31:21
informe o texto

Notícias / Judiciário

17/06/2019 às 14:50

Operação Ararath: defesa pede declínio de competência

O advogado requereu que os processos sobre o suposto esquema financeiro sejam remetidos à Justiça Eleitoral

Maisa Martinelli

Operação Ararath: defesa pede declínio de competência

Foto: Pauta Extra

O advogado Fabian Feguri, que atua na defesa do ex-secretário de Fazenda, Eder Moraes, alvo da Operação Ararath, requereu que os processos sobre o suposto esquema financeiro sejam remetidos à Justiça Eleitoral.

Fabian argumenta que o Ministério Público Federal (MPF) alegou, em todas as denúncias, que os crimes foram praticados com a principal finalidade de financiar, de maneira ilegal, campanha de grupo político ligado aos ex-governadores do estado, Blairo Maggi e Silval Babosa.

O pedido de declínio de competência baseia-se em um entendimento recente do Supremo Tribunal Federal (STF), de que crimes comuns correlatos à caixa 2 devem ser julgados pela Justiça Eleitoral.

A Operação Ararath foi deflagrada com o intuito de exterminar uma organização criminosa que praticava crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro. A operação foi realizada em uma ação conjunta entre Ministério Público Federal, Superior Tribunal Federal, Justiça Federal e a Polícia Federal.

As investigações iniciais apontavam crimes no montante de R$500 milhões. Durante a delação de Silval Barbosa foi revelado que o valor desviado seria superior a R$1 bilhão.

 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet