Cuiabá, terça-feira, 15/10/2019
05:47:55
informe o texto

Notícias / Cidades

17/06/2019 às 14:50

​Pinheiro diz não temer auditoria de Selma e ministro no PSM

O ministro atendeu o pedido de Selma durante uma reunião na última quarta-feira (12), e determinou que se faça a auditoria no PSM

Luana Valentim

​Pinheiro diz não temer auditoria de Selma e ministro no PSM

Foto: Reprodução da internet

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) declarou nesta segunda-feira (17), que deseja que o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, faça uma auditoria no Pronto-Socorro Municipal, conforme solicitado pela senadora Selma Arruda (PSL).

O ministro atendeu o pedido de Selma durante uma reunião na última quarta-feira (12), e determinou que se faça a auditoria no PSM. Ela apresentou um ofício e denunciou a situação precária que a unidade de Saúde se encontra diante da falta de insumos básicos, medicamentos, entre outros.
 
Pinheiro destacou que gostaria muito que essa auditoria fosse feita pelo fato de estar entregando a maior obra de saúde pública da história de Mato Grosso que é o Hospital Municipal de Cuiabá.
 
“O HMC é uma substituição a esse Pronto-Socorro que, apesar de resolutivo, salvar vidas e de ser o grande esteio da saúde pública do Estado, a unidade já cumpriu a sua missão. Por isso que desde que eu assumi, prometi a população cuiabana e já entreguei o HMC”, disse.
 
O prefeito informou que está entregando agora, em etapas, os serviços do HMC e em pouquíssimos meses, entregará a unidade em 100% ficando consolidada a maior obra em saúde pública da história de Cuiabá.
 
Pinheiro frisou que o Mandetta é um grande parceiro que elogiou muito a obra, aportando quase R$ 50 milhões para o custeio e disse, por meio de seus técnicos, que Cuiabá está no caminho certo, sendo um case de sucesso em saúde pública e entrega hospitalar.
 
“Então eu só tenho a agradecer e tenho certeza que o Ministério da Saúde e a Controladoria Geral da União, ao fazer essa auditoria, vão ver que Cuiabá está no rumo certo porque nós pensamos nos mais carentes e trabalhamos com prioridade de melhorar a vida dos menos favorecidos”, ressaltou.
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Como você acha que está a violência em Mato Grosso neste ano?

Você deve selecionar uma opção
Enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet