Cuiabá, quinta-feira, 02/07/2020
15:28:43
informe o texto

Notícias / Esporte

21/06/2019 às 20:29

Com suspeita de dengue, zagueiro da Venezuela deve desfalcar equipe

Leiagora

Com suspeita de dengue, zagueiro da Venezuela deve desfalcar equipe

Foto: Divulgação

O zagueiro da seleção venezuelana Mikel Villanueva é desfalque quase certo neste sábado (22) no jogo decisivo contra a Bolívia. Villanueva, que joga no Málaga (ESP), já havia entrado com febre e alergia na pele na partida contra o Brasil, na terça (18). A suspeita é que ele tenha contraído dengue.

Segundo o técnico Rafael Dudamel, o jogador ainda está passando por exames para determinar o que tem, mas tem treinado separado do grupo.

Dupla de Villanueva na defesa, Yordan Osorio, defensor que está emprestado pelo Porto (POR) ao Vitória de Guimarães (POR), também é dúvida pela pancada no joelho que sofreu na partida contra a seleção brasileira. A definição sobre os dois será anunciada na manhã deste sábado.

Na quinta-feira (20), a Venezuela já tinha confirmado a baixa do volante Arquimedes Figueira por um rompimento no joelho esquerdo. A lesão o deixou impossibilitado de seguir na Copa América. Figueira entrou aos 31 do segundo tempo e aguentou por 15 minutos com o joelho machucado contra o Brasil. 

O dia a mais de descanso entre o segundo e o terceiro jogo foi importante na avaliação de Dudamel.

Terceira da chave, dois pontos atrás de Brasil e Peru, que tiveram uma vitória e um empate cada, a Venezuela precisa vencer para garantir a classificação para a próxima fase.

No final de 2016, quando enfrentou a Bolívia nas eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia, a seleção "vinolento" goleou por 5 a 0. Mas Dudamel reiterou que a situação agora é diferente para os dois times.

Apesar do momento de evolução que o futebol venezuelano vem apresentando, na avaliação dele, o jogo diante dos bolivianos deverá ser complicado. "Há diferentes resultados que podem nos levar a classificação. Dependendo de nós ou de terceiros. A única coisa que não podemos fazer é perder", avalia ele.

Dudamel também diz que o time tem muitos motivos para buscar a classificação. Jogadores que jogam na Europa abriram mão de suas férias para defender a seleção, e Fernando Aristeguieta, que acaba de trocar o América de Cali (COL) pelo Monarcas Morelia, do México, ainda não conheceu pessoalmente o filho que nasceu há uma semana.

"Temos motivos familiares, profissionais, devemos isso a um país que está parado na frente da televisão. Está nas nossas mãos dar uma alegria a toda essa gente, seria um mérito esportivo e uma recompensa", diz Dudamel.

Com o país enfrentando uma grave crise humanitária, a seleção evita comentar sobre política, ou se manifestar entre a ditadura de Nicolás Maduro, reeleito sob controvérsia, e a presidência autoproclamada pelo líder do Congresso Nacional, Juan Guaidó.

O vice-presidente da Federação Venezuelana de Futebol, Pedro Infante, é o ministro de esportes do governo Maduro. Apenas dois jogadores da seleção jogam atualmente dentro da Venezuela -o goleiro Joel Graterol, do Zamora, e o meia Figuera, jogador do Deportivo La Guaira.

"O futebol une as pessoas e a política nos separa. Acho que não é bom misturar os dois. Há situações em que somos cidadãos, antes de sermos pessoas que trabalham com esporte, e por isso temos direito a expressar nossas opiniões e participar de debates", respondeu Aristeguieta à Folha.

"Temos oportunidade única de dar uma alegria ao nosso país em um momento em que as pessoas, em geral, estão precisando de alegrias, porque perderam a possibilidade de ter isso no seu dia-a-dia". 

Venezuela e Bolívia se enfrentam no Mineirão a partir das 16h deste sábado. No mesmo horário, os dois times líderes do grupo A, Brasil e Peru, jogam no Maracanã. 
Direto de Belo Horizonte, Fernanda Canofre - Folhapress

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet