Cuiabá, quarta-feira, 17/07/2019
23:27:03
informe o texto

Notícias / Mundo

22/06/2019 às 14:47

Manifestantes voltam às ruas de Hong Kong; novos protestos ocorrerão antes do G20

Desde o início do mês, opositores protestam contra uma proposta de lei de extradição permitindo que pessoas da cidade sejam enviadas à China para julgamento.

Leigora

Manifestantes voltam às ruas de Hong Kong; novos protestos ocorrerão antes do G20

Foto: Fato Amazônico

Milhares de manifestantes encerraram neste sábado o cerco à sede da polícia de Hong Kong, realizado ao longo da madrugada. Desde o início do mês, opositores protestam contra uma proposta de lei de extradição permitindo que pessoas da cidade sejam enviadas à China para julgamento. O plano é visto como uma última tentativa de líderes chineses de impor regras autoritárias à antiga colônia britânica, contrariando direitos garantidos até 2047 por um acordo constitucional.

Os manifestantes, muitos deles jovens e estudantes, exigiam na sexta-feira à noite que a polícia assumisse a responsabilidade pelo uso de gás lacrimogêneo e projéteis para dispersar opositores durante um dos protestos na semana passada. A manifestação desta sexta paralisou o tráfego em partes da cidade; algumas estradas foram bloqueadas e prédios do governo de Hong Kong, ocupados. O governo local fechou seus escritórios por precaução.

Na tentativa de restaurar a estabilidade, a presidente executiva de Hong Kong, Carrie Lam, desculpou-se duas vezes pelo tratamento dado ao tema da extradição e disse que o projeto seria suspenso indefinidamente. O presidente do Legislativo da cidade também afirmou que o debate seria adiado.

Algumas empresas receberam bem as concessões do governo, mas parte dos grupos de oposição não ficaram satisfeitos. Nas manifestações desta sexta-feira, eles exigiram que a lei fosse totalmente revogada, que Lam renuncie e que a polícia seja responsabilizada pela dispersão forçada de manifestantes que bloquearam as estradas em torno da sede do governo no dia 12 de junho.

As manifestações devem ter continuidade na próxima semana. Ontem à noite, organizadores convocaram novos protestos para a quarta-feira (26), antes da reunião da cúpula do G-20 no Japão, quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve se encontrar com o presidente da China, Xi Jinping. Fonte: Dow Jones Newswires.
Direto de Hong Kong, AE, Estadão

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Qual seu posicionamento em relação a Reforma da Previdência?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet