Cuiabá, terça-feira, 15/10/2019
14:46:29
informe o texto

Notícias / Leiagora nas ruas

24/06/2019 às 11:34

Primeira balsa ecológica recolherá 500 kg de lixo por dia no Rio Cuiabá - Vídeo

Durante a cerimônia de entrega, Pinheiro adiantou novos projetos de saneamento básico que serão entregues à população

Maisa Martinelli/ Luana Valentim

Primeira balsa ecológica recolherá 500 kg de lixo por dia no Rio Cuiabá - Vídeo

Foto: LTV/Leiagora

A entrega da balsa ecológica, ocorrida na manhã desta segunda-feira (24), na Praça Luís Albuquerque, no Porto, reuniu diversas figuras públicas de Cuiabá, como o prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB); o presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (PSB) e o secretário municipal de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa.

Durante a cerimônia, Pinheiro reiterou a importância desta entrega para a população.  “Essa etapa vem de um grande planejamento para salvar o nosso maior patrimônio natural, que é o Rio Cuiabá”, pontuou.

O prefeito destacou também que serão feitas lixeiras subterrâneas na área central da cidade, a fim de evitar que o conteúdo das lixeiras – que muitas vezes são rasgadas- se acumule nas ‘bocas de lobo’, causando problema de drenagem.

Emanuel adiantou ainda que está em curso o maior programa de investimento e saneamento básico na história da capital, denominado de ‘A Emergência Cuiabana 300 Anos’.

“Isso vai possibilitar, no final do ano, entregar 100% dos lares cuiabanos recebendo água tratada na torneira 24 horas ao dia, além de dobrar a capacidade de coleta e tratamento do esgoto sanitário, que, hoje, é de 33%, e entrego no final do ano com 61%”, afirmou.

A balsa ecológica é a primeira embarcação para coleta fluvial de lixo do Rio Cuiabá, que se estenderá até as margens do Pantanal. A ideia é a capital se mostrar como exemplo para que possa, posteriormente, conversar com os demais municípios da Baixada Cuiabana.


De acordo com Pinheiro, a pretensão é que a balsa recolha 500 kg de lixo por dia e 10 toneladas por semana.

A Prefeitura de Cuiabá atuará em conjunto com o Projeto Cata-Treco, iniciativa implantada em 2017, com o objetivo de possibilitar à população a realização do descarte correto de objetos sem serventia.

Além disso, o trabalho será feito em parceria com as escolas, para que a educação ambiental seja estimulada desde os anos iniciais da vida escolar, possibilitando, assim, que se forme cidadãos conscientes.


Vídeo Relacionado

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • FILIPE 25/06/2019 às 00:00

    E vai por todo esse lixo onde? No palitó...

  • Weller 24/06/2019 às 00:00

    PARABÉNS pela iniciativa, que NÃO fique só numa, tanto Cuiabá, e V. grande , tem que dar exemplo. pois são as que mais despeja esgotos e td tipo de materiais na margem do rio Cuiabá.

  • Cleber 24/06/2019 às 00:00

    Quantos milhões custou a balsa pra ser dividido na propinolandia

Enquete

Como você acha que está a violência em Mato Grosso neste ano?

Você deve selecionar uma opção
Enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet