Cuiabá, sábado, 17/08/2019
16:45:48
informe o texto

Notícias / Agronegócio e Economia

12/07/2019 às 09:22

Seaf expõe produtos da agricultura familiar no Festival Internacional de Pesca

A proposta do estande é favorecer a comercialização de produtos da agricultura familiar, reunindo em um único espaço a possibilidade de venda e divulgação de itens para futuros consumidores

Leiagora

Seaf expõe produtos da agricultura familiar no Festival Internacional de Pesca

Foto: Assessoria

Um estande com 300 m² marca a participação da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf) no 38º Festival Internacional de Pesca Esportiva (FIPe), realizada Cáceres entre os dias 10 e 14 de julho. O espaço é dedicado comercialização e exposição de produtos da agricultura familiar, além de promover os programas e atividades desenvolvidos pela Seaf em todo o Estado.  

A proposta do estande é favorecer a comercialização de produtos da agricultura familiar, reunindo em um único espaço a possibilidade de venda e divulgação de itens para futuros consumidores. Além dos produtos, a secretaria também conta com a participação de servidores voltados à divulgação das ações desenvolvidas pela pasta.

O horário de funcionamento do estande é das 16h às 23h. Entre os produtos comercializados teremos banana chips, conservas, rapaduras, queijos, embutidos, polpas de fruta, doces e compotas, produtos agroindustrializados, verduras, legumes, entre outros. Para os amantes do bom café, o destaque vai para a venda das principais marcas produzidas e industrializadas em Mato Grosso. 

Em números, a Agricultura Familiar em Cáceres reúne cerca de 3 mil famílias, em 26 assentamentos. A cadeia do leite é o carro-chefe da produção familiar. Sozinha, a bacia leiteira mobiliza cerca de 1.500 famílias na produção de 600 mil litros de leite ao dia. O município já contabiliza mais de 250 mil cabeças de gado leiteiro. O investimento na distribuição de sêmens de alta qualidade para a melhoria genética do gado tem sido o diferencial na produção. 

O cacau é outra aposta que tem ganhado espaço entre os produtores. O município já implantou a vitrine do cacau clonal com o plantio de duas mil mudas, geneticamente mais produtivas. A meta é adquirir mais 4 mil mudas, ainda este ano. Os cultivares foram trazidos de Rondônia, e são resultado do melhoramento genético desenvolvido pela Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac). O órgão se tornou referência nacional na geração e transferência de tecnologia para o aprimoramento da produção cacaueira no Brasil. 

O município também pretende investir na produção do café. Na proposta de expansão da cafeicultura, o Governo do Estado pretende implantar cinco unidades demonstrativas de café clonal em Cáceres, sendo um hectare por propriedade. O Estado possui hoje 11 mil hectares de área plantada e uma produção de 118,8 mil sacas (Conab/Maio 2019). A ideia é implantar 125 novos hectares de café, um incremento aproximado de mais 10 mil sacas na produção.

Cáceres também tem investido no fomento à piscicultura. Apenas em 2018 foram abertos 54 tanques de peixe. A proposta da prefeitura é incentivar a cultura entre as famílias, ampliando as possibilidades de renda do agricultor. Neste programa são contemplados produtores com até 3 módulos fiscais. 
Direto da redação, Naiara Martins | Seaf-MT 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet