Cuiabá, sábado, 17/08/2019
16:55:01
informe o texto

Notícias / Cidades

20/07/2019 às 09:42

Projeto de escola reúne comunidade para discussões sobre transtornos emocionais

O projeto, que já está em sua 7ª edição, tem o intuito de reduzir o número de casos de crianças e adolescentes que sofrem com a depressão, crises de ansiedade e tendência suicida na escola

Leiagora

Projeto de escola reúne comunidade para discussões sobre transtornos emocionais

Foto: seduc

Com o objetivo de oportunizar espaço para reflexão e discussão acerca de temas relacionados a transtornos emocionais, como depressão, suicídio e automutilação, a Escola Estadual Doutor Anísio José Moreira, localizada no município de São José do Rio Claro (a 315 quilômetros de Cuiabá), realiza o projeto Pramenina/Promenino.

O projeto, realizado em parceria com o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), conta com uma programação que inclui oficinas, palestras e apresentações culturais para toda a comunidade escolar.

O projeto, que já está em sua 7ª edição (ele é realizado desde o ano de 2013), tem o intuito de reduzir o número de casos de crianças e adolescentes que sofrem com a depressão, crises de ansiedade e tendência suicida na escola.

De acordo com a diretora da escola, Vera Fontana, o assunto é delicado e exige muito cuidado, por isso a escola não pode ficar inerte diante da situação.

“O número de adolescentes que tiram a própria vida está aumentando. Diante disso, é importante mobilizar a comunidade educativa a respeito do tema, para que saibam como agir diante de casos como esses e saber como encaminhar aos profissionais de saúde os casos mais graves”.

Na semana passada, durante a realização de uma das palestras, a psicóloga Elissandra Andrade, abordou o tema com os pais, que também participaram de um bate-papo com oficinas de resolução de pedidos de socorro dos jovens e assistiram a apresentação teatral “Sementes da Depressão”.

“O Nasf é uma estratégia inovadora que tem como objetivo apoiar, ampliar, aperfeiçoar a atenção e a gestão com foco na prevenção e promoção da saúde. Com este objetivo, a equipe desenvolveu a palestra na escola para informar, esclarecer e sensibilizar para que a prevenção seja feita de maneira eficaz”, disse a psicóloga.

Além da equipe do Nasf, o projeto envolve também toda a equipe de profissionais da escola, como gestores, professores, técnicos e apoios administrativos. “O momento com os pais foi muito especial, pois ficaram sensibilizados para o diálogo”.

Ao término do projeto, a equipe escolar realizou um momento de feedback com os alunos para avaliar a aplicação e adequação do tema. Os alunos apontaram como sugestão para o próximo semestre que o projeto trabalhe com os temas sobre abuso de álcool, preconceito e sexualidade na adolescência.
Direto da assessoria, Rosane Brandão

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet