Cuiabá, sábado, 15/05/2021
20:25:25
informe o texto

Notícias / Judiciário

25/07/2019 às 13:40

Justiça Comunitária reforça ação do Senar no Pantanal

Dentre os serviços prestados, foram: emissão de certidão de hipossuficiência para segundas vias de RG e casamento, segunda via de certidão de nascimento e de óbito, mediação de divórcio e encaminhamento jurídico.

Leiagora

Justiça Comunitária reforça ação do Senar no Pantanal

Foto: TJMT

O Poder Judiciário de Mato Grosso, por meio da Justiça Comunitária, participou do Mutirão Rural realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). Cerca de 300 pessoas foram atendidas no distrito pantaneiro de São Pedro de Joselândia, município de Santo Antônio de Leverger. A ação ocorreu no último sábado (20 de julho). O objetivo da parceria foi levar vários serviços à população, além de distribuir doações para a comunidade local.

Foram ofertados mais de 30 serviços, entre os quais o atendimento da Justiça com a emissão de certidão de hipossuficiência para segundas vias de RG e casamento, segunda via de certidão de nascimento e de óbito, mediação de divórcio e encaminhamento jurídico. Mas, não foi só isso. O mutirão também levou para a população rural serviços de saúde, e houve ainda atividades lúdicas para as crianças, corte de cabelos, limpeza de pele e designer de sobrancelha.

É uma comunidade muito carente. Fica distante das cidades e a estrada é precária. Não tem mercado e o posto de saúde presta atendimento básico. Atendemos uma família que o pai é cadeirante e tem seis filhos para criar. Nada paga o sorriso dessas pessoas que recebem atenção acima de tudo. Cada ação transforma nossas vidas também”, disse a agente comunitária de Barão de Melgaço, Silvia Adriana Soares, que liderou a ação. Ela ainda relatou que recebeu um abraço de um menino após a doação. “Ele me abraçou e disse ‘tia, só posso te agradecer assim’. Foi emocionante. E só conseguimos esse resultado com os parceiros. Tivemos apoio da Receita Federal para as roupas e de parceiros também para a limpeza de pele, designer de sobrancelhas e corte de cabelo”, concluiu.
 
Nadja Paixão, analista do Senar, agradeceu a parceria com a Justiça Comunitária. “Nossa ação é desenvolvida há 23 anos. Já fizemos cerca de 1 milhão de atendimentos e só conseguimos isso com auxílio. A parceria é fundamental para levarmos tantos serviços”, ressaltou a responsável pelo Senar, que ainda informou que 64 comunidades rurais devem ser atendidas somente este ano em Mato Grosso. As próximas são Querência (26/8), Barra do Bugres (16/7) e Diamantino (24/7). Todos terão apoio da Justiça Comunitária.
 
Além do Poder Judiciário, o Mutirão do Senar conta com a parceria do Procon, Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Rotary, Defensoria Pública, Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec), Sicredi, Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) e Univag – Centro Universitário.
 Da assessoria, Ranniery Queiroz/TJMT

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet