Cuiabá, domingo, 12/07/2020
03:13:44
informe o texto

Notícias / Geral

05/08/2019 às 09:57

Primavera está sendo planejada para a próxima década

De maneira responsável, priorizando a qualidade de vida da população

Leiagora

Primavera está sendo planejada para a próxima década

Foto: Assessoria

Uma iniciativa dos vereadores Miley Alves, PV, Carlinhos Instrutor, PSD e Luiz Costa, PR, está se tornando realidade – a modernização e adaptação da cidade ao crescimento gigantesco, acima da média do país, e prepará-la para a próxima década. Essa idéia encontrou eco na visão moderna de administrar do prefeito Léo Bortolin que autorizou a licitação para definir agencias especializada para realizar estudos, oferecer diagnósticos e propor mudanças a médio e longo.

Com uma estimativa de 60 mil veículos, conforme dados do Departamento Estadual de Trânsito –DETRAN - Primavera do Leste tem praticamente o número de veículos igual ao de habitantes e registra um aumento na aquisição de automóveis em torno de 5%/ano. Com esse crescimento significativo, é natural que haja transtornos no trânsito e, por isso, estudos e ações planejadas tecnicamente devem nortear a mobilidade urbana para os próximos dez anos.

Pela ótica do prefeito Léo Bortolin, chegou o momento de “projetarmos a cidade para a próxima década através de mudanças eficazes, que permitam o crescimento de maneira ordenada e possa comportar toda a demanda de veículos e de pessoas que chegam rotineiramente na cidade”. Segundo sua avaliação, Primavera se tornou um pólo regional em vários setores – saúde, educação, por exemplo, e com isso se torna atrativa para as pessoas que buscam qualidade de vida, emprego, renda e segurança, portanto “essa preocupação em planejá-la tecnicamente é uma exigência natural do crescimento acima da média do país”.

Com vistas a trabalhar de maneira eficaz, Câmara e Prefeitura estão promovendo ações que resultarão na trafegabilidade proporcional ao desenvolvimento da cidade. Para que esse trabalho não tenha com base o “achismo”, os vereadores visitaram algumas cidades, como Maringá, PR, para conhecer modelos de trânsito que esteja dando certo e seja seguro.

Comprovada essa necessidade, foi feita a licitação para contratar uma empresa especializada para análise da realidade local, e, especialmente elaborar um Plano de Mobilidade Urbana, que vise garantir todos os requisitos para atender a população de maneira macro - acessibilidade, segurança, eficiência, qualidade de vida, inclusão social e preservação ao meio ambiente.

O vereador Miley reconhece a importância desse trabalho que está sendo feito com responsabilidade, informando cada etapa do projeto, levantando dados, fazendo diagnósticos, treinando pessoal, enfim “é dessa forma que estamos trabalhando em parceria com o Executivo sempre focando no desenvolvimento ordenado”. Para o vereador Carlinhos Instrutor, que participou do treinamento, o trabalho está sendo realizado em etapas e, em cada uma delas, a sociedade civil terá participação, por que as medidas que serão adotadas envolverão o pedestre, moto-taxistas, taxistas, camioneiros, enfim é um trabalho macro mas imprescindível para que Primavera continue tendo qualidade de vida e a população conviva com trânsito seguro”

A engenheira Barbara Marchezini reiterou a importância de várias fases do projeto – elaboração de um plano de mobilidade urbana; estudos e projetos da sinalização viária e treinamento dos agentes de trânsito. Segundo ela, desde março de 2019 estão sendo feitos levantamentos, relatórios fotográficos, contagem de veículos, pesquisa com usuários de transporte coletivo e pedestre - “com esses dados podemos trabalhar com total segurança de que vamos oferecer o melhor para a cidade”.

Pelo cronograma da empresa, em setembro será apresentado, em audiência pública, o diagnóstico sobre as necessidades a serem supridas – calçadas, falta de acessibilidade, ciclovia, condição de trafegabilidade para o transporte coletivo, dentre outros. Para a engenheira é fundamental a participação de todos os segmentos da sociedade civil “precisamos promover reuniões setoriais – conselhos do idoso e do deficiente, Câmara Municipal, loteadores, associações de transportadoras, taxistas e moto-taxistas”. Bárbara tem consciência de que não será fácil a operacionalização dessas mudanças, “as pessoas, os novos loteamentos vão ter regras específicas e os antigos vão ter que se adaptar, porque se

torna imprescindível para que a cidade cresça proporcionando qualidade de vida às pessoas”.

O coordenador da CMTU, Thiago Lima, reiterou a importância desse momento para o município - “Primavera enfrenta, diariamente, problemas da falta de mobilidade urbana. R, devido a sensibilidade do prefeito chegou a hora de pensar e planejar, porém de forma integrada com o uso e a ocupação do território, com o olhar no futuro, para que o desenvolvimento urbano possa proporcionar, cada vez mais, uma melhor qualidade de vida à população”.

 
Direto da redação, Assessoria 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet