Cuiabá, domingo, 22/09/2019
18:54:57
informe o texto

Notícias / Leiagora nas ruas

30/08/2019 às 16:57

Prefeitura cancela contrato de concessão com empresa que administrava Parque Tia Nair; veja vídeo

Agora o local fica sob os cuidados das secretarias de Cuiabá

Matheus Maurício

A prefeitura de Cuiabá assinou um decreto que foi publicado no Diário de Contas nesta terça-feira (27) no qual foi extinguido o contrato de concessão com a empresa que cuidava do Parque Tia Nair, em Cuiabá. Segundo a administração municipal, isso aconteceu pois não estava sendo cumpridas algumas responsabilidades incluídas no contrato.

Com isso, o parque agora passa para as mãos da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo e também de Ordem Pública, que deverão fazer algumas adequações no local e a manutenção.

Confira a reportagem completa, clicando no vídeo ao final do texto.

A empresa que era responsável pelo parque respondeu ao LTV/LEIAGORA, por meio de uma nota. Confira na integra:

Diante do decreto do Prefeito Emanuel Pinheiro sobre a extinção do contrato de concessão pública do Parque Tia Nair, a concessionária esclarece que:

1.    É inverídica a alegação de que a empresa concessionária teria descumprido suas obrigações contratuais constantes do contrato de concessão pública. 

2. Nesse sentido, a empresa concessionária sempre cumpriu com suas obrigações de investimento e manutenção, tendo investido até mesmo em reformas de equipamentos que são de obrigação da Prefeitura e estão em período de garantia, mas não são acionados pela Prefeitura de Cuiabá e tampouco pela Secretaria de Obras.

3. A empresa concessionária tem tentado, desde o início da gestão do Prefeito Emanuel Pinheiro, a resolução de defeitos estruturais apresentados no Parque Tia Nair, notificados através de inúmeros ofícios apresentados perante a Prefeitura Municipal de Cuiabá.

4. Mesmo diante das dezenas de solicitações apresentadas pela empresa concessionária, nunca houve qualquer retorno por parte da Prefeitura de Cuiabá, sendo certo que a omissão da administração pública municipal prejudicou imensamente os frequentadores do Parque Tia Nair ao longo dos últimos anos.

5. Por tais motivos, a empresa concessionária enxerga que a extinção do contrato de concessão do Parque Tia Nair possui motivações políticas, diante da proximidade do ano eleitoral e que o Prefeito Emanoel Pinheiro apenas pretende retomar o parque para relançá-lo como uma obra da atual gestão.

6.    É importante apontar que a concessão pública gerou uma economia, somente da gestão do prefeito Emanuel Pinheiro, de mais de R$ 1,2 milhões, que poderiam ser destinados para comprar luvas e gazes que faltam constantemente no Pronto Socorro Municipal, segundo notícias.

7.    A empresa concessionária informa, em respeito à população Cuiabana que, embora não concorde com os fundamentos que motivaram a rescisão, irá restituir a posse do bem público, esperando que assim, ao menos o Parque Tia Nair passe a ter a devida atenção que nunca lhe foi dada pela atual gestão enquanto vigente o contrato de concessão.


 

Vídeo Relacionado

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet