Cuiabá, domingo, 22/09/2019
14:53:35
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

09/09/2019 às 18:18

Ameaçada

Leiagora

Ameaçada

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A senadora Selma Arruda (PSL) teria sido ameaçada, caso não retirasse sua assinatura da CPI da Lava Toga. O ‘aviso’ foi quanto a decisão de sua cassação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Conforme o site O Antagonista: “dois senadores receberam a ligação de Flávio Bolsonaro (PSL)  pedindo a retirada da assinatura no requerimento que tenta pela terceira vez criar a CPI da Lava Toga. Com integrantes do PSL, Flávio chegou a subir o tom”.

O objetivo da CPI é investigar possíveis irregularidades cometidas por membros do poder Judiciário.

A ex-juíza foi cassada em decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por caixa 2 e abuso de poder econômico praticadas na eleição passada. Ela aguarda julgamento no TSE.
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet