Cuiabá, domingo, 22/09/2019
15:07:32
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

10/09/2019 às 14:04

PSL contra CPI da Lava Toga

Fernanda Leite

PSL contra CPI da Lava Toga

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

A senadora Selma Arruda (PSL) confirmou que está sendo pressionada a retirar seu nome da CPI da Lava Toga, e por isso, avalia a possilidade de deixar o seu partido.

Segundo informações, Flávio Bolsonaro (PSL) estaria intimando os senadores do PSL a  retirar  a assinatura no requerimento que tenta pela terceira vez criar a CPI.

A Comissão é para investigar possíveis irregularidades cometidas por membros do poder Judiciário.

Nota

A senadora Juíza Selma esclarece que devido a divergências políticas internas, entre elas a pressão partidária pela derrubada da CPI da Lava Toga, está avaliando a possibilidade de não permanecer no PSL. 

A parlamentar informa que recebeu convites de vários partidos nas últimas semanas para migrar de sigla, mas ressalta que isso não irá interferir no posicionamento de apoio ao governo.

Selma confirma, ainda, que não irá retirar sua assinatura da CPI para investigar integrantes do Supremo.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet