Cuiabá, segunda-feira, 16/09/2019
22:53:41
informe o texto

Notícias / Judiciário

11/09/2019 às 11:17

TCE suspende concurso público por supostas irregularidades

Maisa Martinelli

TCE suspende concurso público por supostas irregularidades

Foto: Reprodução internet

O conselheiro interino do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), João Batista de Camargo Júnior, determinou a suspensão da continuidade de um concurso público para concessão de cartórios em Mato Grosso, após denúncias de irregularidades.

A decisão foi proferida por conta de uma alteração no edital do Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga das Delegações de Nota e de Registro do Foro Extrajudicial do Estado de Mato Grosso, que o Tribunal de Justiça (TJMT) realizou apenas um dia antes do encerramento das inscrições.

Por meio do Edital nº 38/2013/GSCP e sob vigência da Resolução nº12/2012 – TP, o Tribunal mudou as regras do certame quanto ao subitem 19.3, que somente seria vedada a soma ou acumulação das pontuações relativas ao exercício da advocacia ou delegação, cargo, ou função privativa de bacharéis em Direito e ao exercício de serviço notarial ou registral por não bacharel em direito por no mínimo dez anos. Desta forma, passou a admitir pontuação de títulos previstos nos demais incisos, até o limite de dez pontos

O conselheiro determinou o envio do processo à Secretaria de Controle Externo (Secex), para instauração de Representação de Natureza Interna ou a abertura de outro processo de fiscalização para apurar os fatos denunciados, de modo que se busque a adequada e necessária autuação processual destes documentos.

 De acordo com João Batista, deve constar nestes documentos a informação de que os fatos se originaram de denúncia, com a finalidade de possibilitar a apreciação da homologação ou não desta decisão pelo Tribunal Pleno.

Estabeleceu também que o presidente do TJMT seja notificado imediatamente, da presidente da Comissão de Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga das Delegações de Nota e de Registro do Foro Extrajudicial do Estado de Mato Grosso e do responsável da Gerência Setorial de Concursos Públicos do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Em junho, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) havia dado 30 dias de prazo para que o concurso, que foi realizado em 2013, fosse concluído.
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet