Cuiabá, sábado, 19/10/2019
05:41:34
informe o texto

Notícias / Esporte

12/09/2019 às 15:48

Atletas de Cuiabá conquistam ouro na maior competição de crossfit da América Latina; vídeo

Laura Nabuco, Bruna Maíra e Gibranna Oliveira ficaram no alto do pódio na categoria iniciante do Monstar Games, realizado em Goiânia

Derik Bueno

Atletas de Cuiabá conquistam ouro na maior competição de crossfit da América Latina; vídeo

Laura, Bruna e Gibranna durante o Monstar Games, em Goiânia

Foto: Arquivo Pessoal

Que tal ir além de ter um corpo e abdômen tonificados, com quilinhos a menos, e até ganhar um pouco mais de bumbum? O crossfit proporciona resultados às mulheres desde as primeiras semanas de treinos. As sessões são intensas e desafiadoras, que levam o corpo ao extremo. O que, de fato, motiva é a superação de cada treino e competição.
 
Foi com esse pensamento que a jornalista Laura Nabuco, a enfermeira Gibranna Oliveira e a educadora física e empresária Bruna Maíra, resolveram entrar de cabeça nesse projeto. Há três anos, elas montaram um grupo, que agora começou a dar frutos dourados. Isso mesmo, essa é a cor da medalha conquistada pelo trio no Monstar Games, maior evento fitness da América Latina, realizado nos dias 7 e 8 de setembro, em Goiânia, e que reuniu cerca de 700 atletas de todo o país.
 
As meninas competiram na categoria iniciante e superaram 29 duplas para chegar ao lugar mais alto do pódio. Para elas, a conquista foi inesperada e surreal. Logo na primeira competição disputada, veio a consagração de uma medalha de ouro.
 
“O crossfit é apaixonante. Vai além de ter um corpo atlético. A cada dia temos que superar as limitações, e essa modalidade proporciona isso. No início, os treinos já eram voltados às disputas internas e competições. Então, resolvemos encarar esse desafio com muita dedicação e conseguimos um resultado surpreendente”, destacou Laura.



O crossfit vai além
 
Além da superação, o crossfit tem um fator importante: a liberação de endorfinas e serotonina. A cada treino, o atleta tem a disposição para encarar os desafios do cotidiano. E foi na base da superação que a Bruna driblou os obstáculos para se sentir realizada.
 
 “Há três anos descobri a modalidade e não parei mais. A cada treino realizado me sinto mais disposta e feliz. O crossfit trabalha todas as capacidades físicas, e isso faz as pessoas optarem por essa modalidade”, revelou Bruna.
 
Uma das coisas ligadas ao crossfit é a sensação do empoderamento. A capacidade de fazer coisas que não imaginava, deixa qualquer pessoa realizada. Isso foi o que chamou a atenção da Gibranna. Com habilidades, equilíbrio e flexibilidade, a enfermeira eliminou os quilinhos a mais e concilia as funções profissionais com as de atleta amadora.
 
“Comecei a prática de atividade para emagrecer, e hoje nem acredito que participamos e que vencemos um evento desse porte. Após eliminar 12kg, esse foi o primeiro passo. Agora, o foco passa a ser outro e sempre conciliando minha profissão, as tarefas de casa, esposa e mãe”, concluiu Gibranna.
 
Então, a dica deixada por essas meninas campeãs, é que se ainda não experimentou o crossfit não perca tempo. Procure um box que tenha instrutores qualificados para montar o melhor treino e também que ajude a obter os melhores resultados.

Vídeo Relacionado

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Como você acha que está a violência em Mato Grosso neste ano?

Você deve selecionar uma opção
Enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet