Cuiabá, domingo, 17/11/2019
11:29:46
informe o texto

Notícias / Leiagora nas ruas

16/10/2019 às 11:49

Energisa afirma que não vai diminuir os valores das contas e que taxas cobradas estão corretas

A concessionária lidera o ranking de reclamações, principalmente pelos constantes e inexplicáveis aumentos na conta de energia

Camila Paulino


Depois de receberem uma petição on-line assinada por quase 15 mil pessoas, os deputados estaduais convocaram o presidente da concessionária de energia no estado de Mato Grosso, a Energisa, Riberto José Barbanera, para falar sobre a prestação de serviço, aumento da tarifa e sobre uma dívida de R$ 800 milhões com o Estado referente ao não pagamento de ICMS.

Durante a audiência pública o Procon-MT expôs as demandas dos consumidores mato-grossenses relativas à energia elétrica e cobrou da concessionária melhorias na prestação de serviços.

Para o órgão, é urgente reduzir as leituras por média, as cobranças de valores não recebidos por leitura incorreta por parte da empresa e os acúmulos de cobrança sem justificativa.

Em entrevista coletiva, antes da audiência, Riberto não demonstrou interesse em atender às solicitações. Ele já adiantou que não deverá ocorrer redução nos valores cobrados pela Energisa, muito pelo contrário, novos reajustes inflacionários devem ser aplicados à conta de energia. 

Veja a matéria completa no vídeo 


 

Vídeo Relacionado

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet