Cuiabá, sábado, 04/07/2020
05:33:03
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

16/10/2019 às 15:30

Aquecimento global é mito e Terra está mais fria que antes

Um dos cientistas mais polêmicos do Brasil, o climatologista Ricardo Felício, desmistifica os mitos sobre a relação entre o agronegócio e o aquecimento global

Gabriella Arantes

Aquecimento global é mito e Terra está mais fria que antes

Foto: LTV - Leiagora

Um dos cientistas mais polêmicos do Brasil, o climatologista Ricardo Felício afirmou, em entrevista ao Leiagora nesta quarta-feira (16), que o aquecimento global não existe. Para o cientista estamos em um período mais frio em relação ao passado e que é mito completo dizer que o planeta Terra está ficando cada vez mais quente por causa das atividades humanas como o agronegócio.

De acordo com o especialista, o aquecimento global está mais relacionado com a política. “Isso nunca foi verificado na história do planeta, então a gente desmistifica esse tema e mostra como ele é usado como instrumento geopolítico internacional”, informou. 

Para alguns cientistas o aquecimento global consiste no aumento das temperaturas médias do planeta ao longo dos últimos tempos, o que, em tese, é causado pelas práticas humanas.

Para Felício, é mito completo dizer que o planeta Terra está ficando cada vez mais quente por causa das atividades humanas como o agronegócio. E que na verdade estamos em um período mais frio em relação há dez mil anos atrás. “As ações humanas são muito pequenas, não tem como a gente falar que ela e o agronegócio esteja mudando a composição química da atmosfera ou fazendo ela aquecer. O sol está caminhando para um período de menor atividade, o clima está mais frio em relação ao passado, e ás noites estão mais frescas, explicou.

O cientista ainda disse que a física envolvendo o aquecimento global não se sustenta. “O pessoal do aquecimento global tem que trazer evidências científicas do que eles estão falando, o que a gente contesta é que na história do planeta Terra o gás CO² nunca controlou a temperatura”, esclareceu.

Circuito Universitário

Felício está em Cuiabá para participar do Circuito Universitário organizado pela Aprosoja que ocorre entre os dias 14 a 31 de outubro. O evento irá percorrer universidades públicas e privadas de nove municípios. O encontro é direcionado para acadêmicos do curso de agronomia e será realizado em duas etapas. Na semana de 14 a 17 o evento percorrerá os municípios de Diamantino, Nova Xavantina, Cuiabá, Várzea Grande e Campo Novo do Parecis. E de 28 a 31 passará por Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Tangará da Serra.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Hélio Araújo Silva 17/10/2019 às 00:00

    Desculpe-me. Eu concordo a sua matéria. Quase todos cienticista do mundo estão nos alertando que aquecimento da é fato.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet