Cuiabá, sábado, 19/06/2021
21:35:17
informe o texto

Notícias / Variedades

24/10/2019 às 17:42

Sobrinho-neto gay de Malafaia: "Não quero que a família se orgulhe de mim"

Leiagora

Sobrinho-neto gay de Malafaia:

Foto: Reprodução internet

Até pouco menos de dois meses, quem conhecia o modelo Rodrigo Westermann não fazia ideia de que ele pertencia a uma das famílias mais tradicionais e poderosas do mundo evangélico. Sobrinho-neto do pastor Silas Malafaia, um dos principais líderes protestantes do país, conhecido pela atuação política e discurso de ódio contra os direitos dos homossexuais, Rodrigo, por muito tempo, escondeu o sobrenome do tio-avô, mas, hoje, faz questão de chamar a atenção para o parentesco como forma de lutar contra aquilo que propagam seus familiares.

"Não quero me promover às custas do Senhor Malafaia. Sofri muito por ser gay em uma família evangélica, passei por depressão, e, apesar de nunca ter pensado em me matar, sei que muitos pensam nisso todos os dias. Espero ter voz, fazer barulho para poder ajudar quem passa por isso.", diz Rodrigo, revelando que não faz questão nenhuma que a família Malafaia se orgulhe por ter ele como um de seus integrantes.

"As pessoas têm muito isso de querer que a família tenha orgulho delas. Não quero que minha família sinta orgulho de mim, porque o não-orgulho deles é o orgulho dos meus amigos, de tudo o que eu vivo pela busca da igualdade, que é o que minha família não apoia. A gente precisar dar orgulho para o que pensamos ser o certo.", diz o modelo.
Leo Dias, Uol

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet