Cuiabá, terça-feira, 12/11/2019
07:15:16
informe o texto

Notícias / Esporte

06/11/2019 às 13:47

Mulher acusa três jogadores do Cuiabá por assédio sexual

Os atacantes Júnior Todinho, Gilmar e goleiro reserva Paulo Henrique teriam abusado da vítima durante uma festa no último fim de semana em um bairro da capital

Derik Bueno

Mulher acusa três jogadores do Cuiabá por assédio sexual

Júnior Todinho é dos jogadores acusados por assédio sexual

Foto: AssCom Dourado

Uma que participava de uma festa no último fim de semana, no bairro Parque Residencial Tropical Ville registrou um boletim ocorrência contra três jogadores do Cuiabá. Os atacantes Júnior Todinho e Gilmar e o goleiro Paulo Henrique são suspeitos de cometerem os crimes de assédio sexual, perturbação da tranquilidade, difamação e injúria.

 

A vítima de 20 anos relatou no B.O., que os três atletas a insultaram com xingamentos, empurraram, além de terem abusado sexualmente. 

 

A reportagem do Leiagora teve acesso ao boletim de ocorrência. Trecho do documento diz que Gilmar e Todinho tentaram beijar a vítima. Os dois atacantes chegaram a ser titulares do Dourado na Série B. Com a chegada do técnico Marcelo Chamusca, Gilmar perdeu espaço, e tem ficado no banco. Já Todinho é artilheiro do time na competição nacional e se recupera de uma cirurgia na mandíbula. 

 

“Sr. Gilmar José da Silva e Sr. Geremias Ribeiro Júnior [Júnior Todinho], tentaram beijar a comunicante a força por várias vezes, que a seguraram pelo braço, que pegaram no seu seio e nas suas nádegas. Em outro momento eles a encurralaram em um canto escuro e os dois tentaram beijá-la de novo, mas ela conseguiu escapar.”

 

Em um outro trecho, o documento relata que foi o goleiro Paulo Henrique autor dos xingamentos. Ainda diz que segurou os braços e empurrou a vítima. Paulo Henrique é o terceiro goleiro do Cuiabá, mas atuou em jogos da Copa Verde. 

 

“O Sr Paulo Henrique, o qual algumas vezes ficou com ele, proferiu alguns xingamentos contra a comunicante, segurou em seu braço e a empurrou.”, relata trecho do boletim de ocorrência. 

 

O clube ainda não se manifestou sobre o caso, que será investigado pela delegacia Especializada de Defesa da Mulher.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet