Cuiabá, terça-feira, 12/11/2019
07:16:04
informe o texto

Notícias / Polícia

07/11/2019 às 13:50

Servidora de VG é presa suspeita de abusos e aliciamento de menores

Segundo as investigações, Ingridi aliciava menores para manter relações sexuais com um empresário da Capital

Leiagora

Servidora de VG é presa suspeita de abusos e aliciamento de menores

Foto: Reprodução vídeo prefeitura de VG

Ingridi Keliany Gomes da Silva, de 23 anos, ex-servidora pública da prefeitura de Várzea Grande foi presa no último dia 24 de outubro, suspeita de participar de estupros de vulneráveis. Uma das vítimas, conforme as investigações, tinha 14 anos. 
 
A ordem de prisão contra a suspeita foi expedida pela 4ª Vara Criminal do município durante processo que apura prática de estupro de vulnerável e possível aliciamento. 
 
Segundo as investigações, Ingridi também aliciava menores para manter relações sexuais com um empresário da Capital, que também já foi preso pelo mesmo crime, no ano de 2009. Ele foi preso em flagrante dentro de um motel em Várzea Grande com duas menores sendo uma de 14 e 11 anos.
 
Caso as acusações contra ela sejam comprovadas, Ingridi pode responder por estupro de vulnerável,  e a pena é de oito a 15 anos de prisão.
 
A prefeitura afastou a suspeita do cargo após sua prisão. A suspeita trabalhou na Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, e   as vezes, realizava campanhas publicitárias para a prefeitura.
 
O processo corre em segredo de justiça
 
 
 
 
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet