Cuiabá, domingo, 08/12/2019
16:38:16
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

12/11/2019 às 10:26

Cecafé: exportação em outubro alcança 3,4 milhões de sacas

O preço médio da saca caiu 1,8% na mesma comparação, para US$ 128,9

Leiagora

Cecafé: exportação em outubro alcança 3,4 milhões de sacas

Foto: Reprodução

O Brasil exportou em outubro 3,4 milhões de sacas de 60 quilos de café verde, solúvel e torrado & moído. O volume é 13,1% menor do que o embarcado no mesmo mês de 2018 - o montante do ano passado foi recorde para outubro. A receita com exportações no mês foi de US$ 441,1 milhões, recuo anual de 14,7%. O preço médio da saca caiu 1,8% na mesma comparação, para US$ 128,9. Os dados foram divulgados há pouco pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Do total embarcado no mês, 82,6%, ou 2,8 milhões de sacas, foram de café arábica; 8% (274 mil sacas) de robusta; e 9,4% (321 mil sacas) de solúvel.

"Os volumes exportados para a Europa, Ásia, América do Norte, América do Sul, África apresentaram um significativo crescimento, comprovando mais uma vez a capacidade do País em atender aos mais diversos e exigentes mercados de alta qualidade e sustentabilidade", disse, em nota, o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes.

No acumulado dos dez primeiros meses do ano, as exportações permanecem em alta, com 34 milhões de sacas embarcadas, maior volume dos últimos cinco anos e 22,8% superior ao do mesmo período de 2018. No período, o destaque foi o café conilon, que teve aumento de 58,3% no volume embarcado, chegando a 3,3 milhões de sacas. O arábica subiu 21,3%, para 27,4 milhões de sacas; e o solúvel avançou 9,4%, para 3,3 milhões de sacas.

Os principais destinos do café brasileiro no ano foram, respectivamente, Estados Unidos, com 6,5 milhões de sacas; Alemanha, com 5,7 milhões de sacas; e Itália, com 3,2 milhões de sacas. Do total embarcado no período, 77,9% foi do Porto de Santos.

Durante os dez primeiros meses de 2019, o Brasil exportou 6,4 milhões de sacas de cafés diferenciados, avanço anual de 28,4%. A receita com a exportação do produto foi de US$ 1 bilhão.

Nos últimos doze meses - de novembro de 2018 a outubro de 2019 - as exportações totais de café chegaram a 41,9 milhões de sacas, "sinalizando um recorde histórico de exportações de café para este ano", conforme comunicado do Cecafé.

Nos quatro primeiros meses do ano-safra 2019/20, o volume exportado - 13,6 milhões de sacas - é 4,1% maior do que na safra anterior e o maior nos últimos cinco anos.
Direto de São Paulo, Augusto Decker, Estadão Conteúdo

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet