Cuiabá, sexta-feira, 06/12/2019
12:21:54
informe o texto

Notícias / Política

13/11/2019 às 11:08

Mais um pedido de cassação do mandato de Abílio chega a Câmara

Luana Valentim

Mais um pedido de cassação do mandato de Abílio chega a Câmara

Foto: Leiagora

Mais um pedido de cassação do mandato do vereador Abílio Brunini (PSC) entrou na Câmara Municipal e foi encaminhado pelo presidente Misael Galvão à Procuradoria da Casa. O motivo, pelo que já foi adiantado, seria a tentativa de fiscalização do parlamentar no Pronto-Socorro Municipal.

Recentemente, Abílio registrou um boletim de ocorrências após ser barrado no PSM ao tentar acompanhar um paciente que estaria internado. Ao ser impedido de entrar na unidade, o parlamentar contou que um servidor o acusou de chama-lo de ladrão.

Saiba Mais: Abílio é barrado ao tentar acompanhar paciente no PSM; virou caso de polícia

Este servidor, no qual o nome ainda não foi divulgado, teria então entrado com um pedido de cassação do mandato do vereador, Misael, no entanto, ainda não leu o processo e não soube adiantar as informações. “Esse pedido entrou agora na última sessão, eu não li o processo, mas me parece que um cidadão por nome de Max referente ao último acontecido no Pronto-Socorro”.

Abílio por sua vez não se mostra preocupado afirmando que a Casa já está analisando um pedido: “Não tem como matar uma pessoa duas vezes”, afirmou ele destacando que está preparando a sai defesa para a próxima sessão.

Este é o segundo pedido que tramita na Casa, primeiro, foi feito pelo suplente de Abílio, o diretor do Hospital São Benedito Oseas Machado que denuncia quebra de decoro parlamentar. O vereador tem até a próxima quinta-feira (14), para apresentar a sua defesa. Após, o relator da Comissão de Ética, o vereador Marcrean Santos (PRTB), terá de cinco a 10 dias para dar o seu parecer e levar ao Plenário para ser votada a cassação ou o arquivamento.
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet