Cuiabá, domingo, 15/12/2019
04:10:59
informe o texto

Notícias / Política

13/11/2019 às 16:01

Plano Plurianual já tem nove emendas

A proposta do governo é que, nos próximos quatro anos, a receita e despesa do Estado gire em torno de R$ 89,749 bilhões.

Leiagora

Plano Plurianual já tem nove emendas

Foto: Assessoria

O relator do Projeto de Lei 930/2019 – Plano Plurianual (2020/2023) –  na Comissão de Constituição e Justiça e Redação (CCJR), deputado Sebastião Rezende (PSC), afirmou hoje (13) que o PPA já recebeu nove emendas de parlamentares e que estão aptas para serem votadas pelos deputados membros da CCJR.

Mas para isso, o deputado deve sugerir ao presidente da CCJR, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), a realização de uma reunião extraordinária da comissão, ainda está semana, para que as emendas sejam votadas em 1ª votação em Plenário já na próxima semana.

Rezende afirmou que a reunião extraordinária para discutir a votação das emendas na CCJR será definida por Dilmar Dal Bosco (DEM). “O relatório está concluído e as análises das emendas já foram feitas. No momento que ele achar oportuno, marcar a reunião extraordinária para votar o PPA em primeira votação na semana que vem”, disse.

“É preciso colocar em votação, na reunião extraordinária, tanto as emendas quanto relatório”, reafirmou. De acordo com Rezende, o calendário de votação do PPA está sendo estabelecido pela Mesa Diretora. “Acredito que consigamos concluir a votação do PPA antes do recesso de final de ano”.

Questionado se o texto original do PPA havia recebido alguma emenda polêmica, Rezende afirmou que “as emendas são pertinentes ao texto original. A análise delas é natural, mas precisa ser feita com cuidado. A priori são emendas que devem ser acatadas tanto na comissão e quanto em Plenário”, destacou Rezende.

O presidente Eduardo Botelho (DEM) disse que a Mesa Diretora deve colocar o PPA para votação em Plenário ainda este ano, mas afirmou que a tramitação está atrasada. Segundo ele, nem todas as emendas foram apresentadas ao texto original do governo. “Pelo jeito, há possibilidade de a proposta ser votada no início de janeiro de 2020”, destacou.

Desde a leitura do PPA em Plenário, dia 6 de setembro, o Parlamento já realizou duas audiências públicas para debater a proposta tanto com a equipe econômica do governo quanto com a sociedade. A proposta do governo é que, nos próximos quatro anos, a receita e despesa do Estado gire em torno de R$ 89,749 bilhões.

As nove emendas apresentadas foram: três dos deputados Dilmar Dal Bosco e Dr. Gimenez (PV); mais duas de Lúdio Cabral (PT) e uma da deputada Janaina Riva (MDB).

O Plano Plurianual é um plano de médio prazo, que estabelece as diretrizes, objetivos e metas a serem seguidos pelo Governo do Estado ao longo de um período de quatro anos.
Da assessoria 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet