Cuiabá, quarta-feira, 26/02/2020
18:57:15
informe o texto

Notícias / Política

02/12/2019 às 15:00

Internacionalização do aeroporto de VG está próximo de 'sair do papel'

as mudanças e revisão do manual da Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero).

Fernanda Leite

Internacionalização do aeroporto de VG está próximo de 'sair do papel'

Foto: Assessoria

Senador Wellington Fagundes (PL) e o delegado da Receita Federal em Mato Grosso, Oldesio Silva Anhesini, estiveram no aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, para anunciar que o processo de internacionalização da estrutura aeroportuária e nesta terça-feira (3) será publicada no Diário Oficial da União (DOE) as mudanças e revisão do manual da Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero).

“Não existe burocracia, o que existe é o cumprimento do ato legal de uma norma que disciplina uma área alfandegamento. O Aeroporto já é alfandegado para carga desde 2005, agora, é para passageiros.  A Receita intende como necessário para o Estado porque vai agregar valores. Aqui é um estado de potencial, o PIB é um dos maiores do país. Temos que lembrar do turismo também, vai fomentar. Desde que cumpram os quesitos legais a receita vai estar junto nesse processo”, disse.  

Quanto aos ilícitos tributários, ele explica que a Receita está pronta para fazer a vigilância. “Tem os ilícitos tributários que ocorrem em todos aeroportos que é internacionalizado, a receita tem que fazer a vigilância e prevenção dos ilícitos. Para que a prevenção ocorra tem que ter estrutura para ter segura, agilidade e privacidade aos passageiros. Isso estamos conversando com o novo administrador”, completou.

 O senador analisa que a espera do manual é essencial para conclusão do processo. ““Existe uma expectativa muito grande no que diz respeito a publicação da revisão do manual da Conaero. Esperamos que ele venha trazer um facilitador, em termos da parte administrativa, que nunca foi a nossa preocupação, em possibilitar essa adequação de forma mais rápida, sem necessidade de área, que muitos disseram. O Aeroporto será bom para exportar e importar nossos produtos. Tudo isso está previsto na concessão do aeroporto. Vamos comemorar”, avalia.

Os secretários de turismo do Estado e do município, Jeferson Moreno e Francisco Vuolo também estiveram na reunião e ressaltaram a importância da internacionalização do aeroporto para alavancar o turismo no Estado.

Inicialmente, as operações aéreas serão para os  países sul-americanos, com previsão de dois voos semanais para Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Existe conversações com empresas áereas do Peru. 
 
 
 
 
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet