Cuiabá, terça-feira, 21/01/2020
01:49:20
informe o texto

Notícias / Polícia

09/12/2019 às 12:55

Repórter é retirada a força de ocorrência por policial durante cobertura jornalistica

O Batalhão da Polícia Militar disse que os fatos não constituem e nunca constituíram a postura da PM.

Luzia Araújo

Repórter é retirada a força de ocorrência por policial durante cobertura jornalistica

Foto: Reprodução

A jornalista da TV Cidade/Record, Izabel Torres, foi retirada a força por um policial militar de um local de crime enquanto fazia reportagem sobre o caso ocorrido no município de Rondonópolis, na noite desse domingo (08). 

Segundo informações descritas em uma nota de repúdio, ela e outros profissionais da imprensa realizam a cobertura jornalística do crime quando foram “coagidos” pelo oficial do dia da Polícia Militar, identificado apenas como tenente Figueiredo. 

“Estávamos há mais de 30 metros da cena de um crime, registrando nosso trabalho, como já é de costume. O tenente Figueiredo ordenou que a imprensa se retirasse do local e que se não saíssemos ia mandar nos prender. Izabel questionou o por que, já que ninguém estava invadindo a cena do crime. Neste momento a repórter foi tirada a força. O tenente Figueiredo pegou ela pelo braço a força”, diz trecho da nota. 

A ação foi toda registrada pelas câmeras da imprensa que estavam o local. A repórter lamentou o fato e ressaltou que o papel da imprensa é informar e não prejudicar o trabalho de qualquer instituição. 

“Agradeço a solidariedade dos companheiros da Imprensa. Sem dúvida alguma devemos encarar esse fato como um caso isolado. Ao longo do tempo temos estabelecido um bom relacionamento com a Polícia Militar. Cada um respeitando o trabalho e o espaço do outro. Quero crer que o comportamento deste oficial em questão, não seja, nem de longe o suficiente para prejudicar este relacionamento, e também o trabalho do dia a dia. Que permaneça  o respeito e a parceria já estabelecidos”, disse.

Em nota, o 5° Batalhão da Polícia Militar disse que os fatos não constituem e nunca constituíram a postura da PM, perante ao serviço da imprensa, mas sim de membros isolados que serão identificados e as condutas apuradas através do processo legal.

“Esclarecemos ainda que nossa missão constitucional está prevista no art.144, ou seja a Polícia Ostensiva e a Preservação da Ordem  Pública e a isso somos fiéis e dedicados e ressaltamos que a Corporação não compactua com desvios de condutas de qualquer um dos seus integrantes”, diz trecho de nota.

Veja nota da PM na íntegra:

"A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso através do seu 4° Comando Regional 5° BPM vêm a público, diante das inúmeras mensagens, videos e fotos  apresentados nos grupos de aplicativo de mensagens, esclarecer que os fatos que se apresentam, em tese, delineados, não constituem e nunca constituíram a POSTURA da Polícia Militar perante ao serviço da IMPRENSA, mas sim de membros isolados, os quais serão todos identificados e suas condutas apuradas através do devido PROCESSO LEGAL.

O cerceamento do trabalho da imprensa não condiz com a nossa política de COMANDO, porém,  a invasão de local isolado para ser periciado, vale ressaltar  que constitui CRIME, e de responsabilifade do OFICIAL CPU  da Polícia Militar no exercício do seu dever, através das atribuições de Polícia Judiciária Militar, onde o perímetro deste isolamento é determinado pela autoridade policial que primeiro chegar ao local.

ESCLARECEMOS ainda que nossa missão constitucional está prevista no art.144, ou seja a Polícia Ostensiva e a Preservação da Ordem  Pública e a isso somos fiéis e dedicados e ressaltamos que a Corporação não compactua com desvios de condutas de qualquer um dos seus integrantes.

Somos a única instituição deste Estado presente em TODOS os 141 municípios e desde o ano 1835 nos dedicamos diuturnamente para Servir e Proteger a todos e reafirmamos esse compromisso."

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet