Cuiabá, quarta-feira, 23/09/2020
05:15:10
informe o texto

Notícias / Política

10/12/2019 às 18:12

Projeto cria novas cobranças no Detran; valor de uma taxa sobe de R$181 para R$900

Aumento de algumas taxas chega a 440%

Fernanda Leite

Projeto cria novas cobranças no Detran; valor de uma taxa sobe de R$181 para R$900

Foto: Reprodução internet

O governador Mauro Mendes (DEM) encaminhou à Assembleia Legislativa no último dia 26 de novembro, um Projeto de Lei que cria, readéqua e exclui algumas taxas cobradas no Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran).

Entre os aumentos está a de renovação de credenciamento titular que vai de R$ 181,52 para R$ 900. Outra taxa que terá reajuste é a renovação de credenciamento de Centro de Formação de Condutores-CFC (autoescolas), que vai subir de R$ 167,65 para R$ 906,82.

Outro reajuste  será  do registro dos CFCs que custa R$ 172 e pode subir para R$ 226,84. Troca de CFC e consequentemente de instrutor, vai de R$ 27,73, para R$ 36,43. 

O deputado Ulyses Moraes (DC) gravou um vídeo para criticar as novas taxas as quais ele chamou de ‘bomba do Detran’.

“Taxa de exame e reexame prático e teórico. 28 readequações, 26 são para cima. Taxas que era R$ 180 foi para R$ 900 reais. Taxas que era 167 foi para R$ 900. Essas são as readequações são 81 taxas reajustadas para mais. O governador só está pensando em arrecadar , isso vai pegar todo mundo. Não dá para aceitar, vamos ficar brigando tosos os dias. Cobre aos seus deputados que vocês votaram para dizer não a esse projeto aqui”, pediu.

Algumas taxas chegam até  reajuste em até  440%. O Executivo pede urgência na apreciação da propositura. A partir de sua aprovação, as novas cobranças passam a valer no prazo de 90 dias. 

Saiba mais do projeto de lei do Executivo clicando aqui 
 

Vídeo Relacionado

Ver essa foto no Instagram

MAIS TAXAS NO DETRAN! O governo continua se transformando em uma verdadeira máquina de tributar.

Uma publicação compartilhada por Ulysses Moraes (@ulysses_moraes) em

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Anderson f 11/12/2019 às 00:00

    Parem com aumentos abusivos nos impostos! Seus escravos não aguentam mais trabalhar só para pagar impostos!

  • Luiz hernande Sanabria kersch 10/12/2019 às 00:00

    Esse governador está biruta, será que ele não sabe o valor do salário minimo, coitado do pobre que quer compra uma motinha e depois ve que não podera pagar o auto escola para habilitar-se , pois a mesma subirão os serviços de acordo com as taxas.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet