Cuiabá, terça-feira, 18/02/2020
14:21:31
informe o texto

Notícias / Política

18/12/2019 às 10:30

Janaína afirma que irregularidades de Taques ultrapassam as de Silval

A deputada destaca que foram 21 apontamentos de faltas graves e gravíssimas

Da reportagem Luana Valentim e da Redação Amanda Simeone e Luzia Araújo

Janaína afirma que irregularidades de Taques ultrapassam as de Silval

Foto: Giuseppe Feltrin

A deputada estadual Janaína Riva (MDB) durante a entrevista para a imprensa citou o que atos cometidos pelo ex-governador Pedro Taques tratam-se de faltas graves e gravíssimas. Alguns dos apontamentos foram a questão dos benefícios fiscais e o extrapolamento dos gastos com pessoal em 2018. Janaína é relatora das contas de Taques e votou pela rejeição das contas, contrariando o relatório do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE) que recomendou a aprovação dos balancetes.

"Eu citei daquilo o foi cometido de falta grave, gravíssima. E alguns dos apontamentos foram por exemplo a questão dos benefícios fiscais e, essa, na minha opinião, é um dos mais graves, porque já tínhamos uma delação realizada pelo ex-governador Silval Barbosa, que apontava exatamente quais eram os benefícios que tinham sido parte de negociatas do governo, passiva todas de corrupção e essas todas foram mantidas. Quer dizer que não foi tomada nenhuma atitude para que isso fosse sanado"

A deputada afirmou que os erros de Taques são consideravelmente mais graves que o caso de corrupção do ex-governador Silval Barbosa. "Foram 21 apontamentos de faltas graves e gravíssimas. Superou inclusive a todos os exercícios anteriores. Até a gestão do ex-governador Silval, que por diversas vezes foram constatados atos de corrupção na condução de grande parte do recurso publico, teve menos apontamento do que a gestão do ex-governador Pedro Taques", declarou.

Outro ponto citado pela deputada Janaína Riva foi a questão do extrapolamento da folha de Mato Grosso. "Óbvio que você não consegue resolver tudo de uma hora para outra, mas todas as medidas adotadas pelas gestões passadas foram no sentido de que o rombo fosse ainda maior e isso é o mais preocupante quando você faz uma análise de contas. O limite que estrapolhou da lei de responsabilidade fiscal, por exemplo, ultrapassa os 8,5%". 

Janaína ainda pontua que a situação causada no governo Taques nunca foi vista em nenhuma outra conta de município aprovado com dados semelhantes. A deputada ressaltou a gravidade com o atraso dos repasses da saúde pelo governo de Taques.

"Também houve a contratação de despesa que se transformam em resto a pagar nos últimos quatro meses e sem autorização da Assembleia. Todas essas despesas contraídas pelo governo não houve se quer autorização dos deputados e se tornaram divida para a gestão seguinte. Outro fato importante de se destacar, é aquilo que foi feito sem o aval dessa casa de forma deliberada, além dos atrasos da saúde. Alguns municípios passaram um ano sem receber aquilo que é legal de repasse aos municípios. Então uma preocupação grande da Assembleia é que esses erros de gestão técnicos não se cometam em outras gestões", apontou.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Janjan 18/12/2019 às 00:00

    Deveria ser outro deputado, ela levou para o lado pessoal, e isso não pode acontecer. Ódio e vingança pura. Gente não se compra 04 anos de trabalho com 20 anos de roubo de dinheiro público, Jose Geraldo Riva fez a festa com a vida do povo de MT.

  • Janaina 18/12/2019 às 00:00

    Mais é obvio, ela odeia Taques, porque Pedro Taques nõ poupou o pai dela, quando foi preso por causa dos 20 anos de corrupção contra a AL e contra a população de MT. Ódio e vingança pura.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet