Cuiabá, quinta-feira, 09/04/2020
18:31:56
informe o texto

Notícias / Polícia

04/02/2020 às 10:45

Gefron causa prejuízo financeiro de R$ 17,9 milhões em organizações criminosas

Este ano foram registradas 27 ocorrências, ante a 16 no mesmo período do ano passado

Leiagora

Gefron causa prejuízo financeiro de R$ 17,9 milhões em organizações criminosas

Foto: Gefron

Em 33 dias, o Grupo Especial de Fronteira (Gefron) apreendeu 1,4 toneladas de entorpecentes de 1º de janeiro a 03 de fevereiro, o que causou prejuízo ao crime de R$ 17,9 milhões. Desde 2019, o Gefron passou a contabilizar a estimativa de quanto a droga apreendida causou de prejuízo às organizações criminosas. 

No mesmo período do ano passado, o Gefron apreendeu 557 kg de entorpecentes, o equivalente a cerca de R$ 7,2 milhões em drogas. Mato Grosso é um dos corredores da entrada de pasta base e cloridato de cocaína no país. O trabalho realizado pelo Gefron tem efeito financeiro muito grande aos grupos criminosos, além de resultar na prisão de traficantes.

Este ano foram registradas 27 ocorrências, ante a 16 no mesmo período do ano passado. Trinta e oito pessoas foram encaminhadas para as delegacias da Polícia Judiciária Civil e a Polícia Federal, 31 veículos foram apreendidos ou recuperados e uma arma apreendida em pouco mais de um mês. Ano passado foram 20 presos e 15 veículos apreendidos ou recuperados.

Também se destaca o fato de 900 quilos de produtos contrabandeados (madeira) terem sido apreendidos este ano.

Para o comandante do Gefron, tenente-coronel Fábio Ricas, o diferencial esse ano foi a Operação Hórus/VIGIA, sendo possível um incremento de efetivo e fortalecimento das operações integradas, além dos investimentos realizados em 2019 pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) no grupo e parcerias público/privadas.

“Fizemos a maior apreensão de drogas da história do Gefron no mês de janeiro, com a apreensão de 735 quilos de drogas, em conjunto com a Polícia Federal. Vamos continuar com o trabalho sério e com o mesmo empenho para combater o tráfico de drogas na fronteira, que é um dos principais problemas do crime no país. Os efeitos da ação em Mato Grosso repercutem em todos os Estados, pois a droga interceptada aqui faz a diferença nos grandes centros do país”, explica.

 
Da assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet