Cuiabá, quarta-feira, 08/04/2020
14:14:05
informe o texto

Notícias / Judiciário

04/02/2020 às 10:58

Homem tenta usar a Justiça para dar calote em operadora telefônica e é condenado

Ficou comprovado, ao longo do processo, que o cliente estava agindo de má-fé

Leiagora

Um cliente de Cuiabá foi condenado por tentar usar a Justiça para dar calote em uma operadora de telefonia. 

Segundo a ação, ele teria contratado os serviços da empresa, o que gerou uma fatura de R$ 11,75. Contudo, não pagou os débitos e procurou a Justiça para cancelar a conta.

Ele alegou que não conhecia o débito demonstrado pela empresa, e negou que teria sequer a contratado. Por isso, pediu que o juiz declarasse a inexistência da dívida.

Não bastasse, ele ainda pleiteou uma indenização por danos morais.

Quando analisou o caso, porém, o juiz percebeu que a empresa conseguiu comprovar que, de fato, os serviços foram contratados. Isso porque a empresa juntou faturas e registros de pagamentos parciais, além do contrato assinado pelo cliente e cópia dos documentos pessoais. 

O juiz ainda ponderou que, se a empresa não tivesse guardado os documentos, certamente seria condenada a pagar os danos morais. 

O cliente foi condenado, no fim, ao pagamento do valor do débito, de R$ 111,75, 
acrescido de correção monetária e juros, e também o valor de 9% do valor corrigido da causa, custas processuais e honorários advocatícios.
 
(Com assessoria)

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet