Cuiabá, segunda-feira, 17/02/2020
02:41:50
informe o texto

Notícias / Judiciário

12/02/2020 às 16:37

Ministério Público investiga Abílio por 'atuação arbitrária' em fiscalização

Caso apurado pelo promotor foi também divulgado pela imprensa

Camilla Zeni

Ministério Público investiga Abílio por 'atuação arbitrária' em fiscalização

Foto: Giuseppe Feltrin / Leiagora

Além de enfrentar um processo de cassação na Câmara de Cuiabá, o vereador Abílio Junior (PSC) também vai ser investigado pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPE). 

Um inquérito civil foi aberto pelo promotor de Justiça Clóvis de Almeida Junior no dia 30 de janeiro. O documento, porém, só foi publicado nesta semana. Conforme a portaria, o Ministério Público tomou conhecimento de uma suposta ação arbitrária por parte de Abílio no Hospital Municipal São Benedito. 

O caso foi amplamente divulgado pela imprensa na época, em outubro de 2019. Depois da ocasião, o diretor do hospital, Oséas Machado, disse que Abílio teria faltado com respeito e se comportado de forma inadequada perante os servidores do hospital.

Cabe registrar que Oséas também é suplente de Abílio na Câmara e o responsável pela denúncia que resultou no processo de cassação do parlamentar.

O promotor de Justiça determinou o prazo de um ano para a conclusão do inquérito e determinou que Abílio seja oficiado sobre a investigação. Se ele desejar, poderá se manifestar sobre as denúncias em até 10 dias úteis.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet