Cuiabá, segunda-feira, 28/09/2020
08:12:45
informe o texto

Notícias / Geral

14/02/2020 às 13:55

Secretários de Educação do país se reúnem para discutir sobre o novo Fundeb

Outras temáticas importantes que também estiveram em pauta foram o novo ensino médio, a BNCC, Enem, avaliação, formação, alfabetização e currículo.

Consed

Secretários de Educação do país se reúnem para discutir sobre o novo Fundeb

Foto: Consed

Novo Ensino Médio, Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e novo Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) foram os temas principais discutidos durante a reunião ordinária do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), realizada nos dias 12 e 13 de fevereiro, em Recife (PE).

Além dos Secretários de Estado de Educação de todo o país, participaram também da reunião o secretário de Educação Básica do Ministério de Educação (MEC), Jânio Macedo, o Secretário de Alfabetização, Carlos Nadalin, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

Para a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschesk, que é vice-presidente do Consed, o novo Fundeb, que está tramitando no Congresso Nacional por meio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) é um tema que precisa do engajamento de todos para que continue, pois sem ele será difícil os estados e municípios se manterem. “O atual Fundeb tem validade até 31 de dezembro deste ano, mas defendemos que ele seja permanente, pois essa é a principal fonte de financiamento para a educação do país”, avaliou

A proposta defendida pela PEC e pelos secretários de Educação do país é a ampliação da participação da união com 15% de aumento no primeiro ano de vigência e gradativamente até chegar aos 40% do valor do fundo até 2031. Atualmente, a União contribui com 10%.

Segundo o deputado federal e sub-relator da Comissão Externa destinada a acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos do Ministério da Educação, bem como da apresentação do seu Planejamento Estratégico (CEXMEC), João Campos (PSB/PE), desde o ano passado a comissão discute a permanência e aperfeiçoamento do Fundo.

“Certamente este ano a Câmara dos Deputados vai aprovar o novo Fundeb, vai colocar na Constituição Federal e vai poder aumentar a contribuição da União, que é uma unanimidade, um consenso de quem estuda esse tema. Estamos trabalhando muito para poder garantir parâmetros não só do volume de recurso maior, mas construir parâmetros que garantam a qualidade do gasto racionalizado entre os entes federados”, ponderou.

Outras temáticas importantes que também estiveram em pauta foram o novo ensino médio, a BNCC, que será implementada nas escolas esse ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), avaliação, formação, alfabetização e currículo. 

Entrou em pauta ainda o planejamento da atuação do Consed em 2020, que deverá ampliar as frentes de trabalho de sua agenda estratégica, a Agenda da Aprendizagem. Na ocasião, Consed e Sebrae anunciaram uma parceria com foco na Educação Empreendedora.
Rosane Brandão Seduc-MT com informações do Consed e Seduc de Pernambuco

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet