Cuiabá, quarta-feira, 19/02/2020
12:45:07
informe o texto

Notícias / Política

14/02/2020 às 15:12

Silvio Corrêa será ouvido dia 21 na CPI do Paletó; Silval é convocado para dia 2 de março

Ele é ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa e foi o responsável pela gravação de Emanuel Pinheiro em que ele aparece pegando dinheiro.

Alline Marques

Silvio Corrêa será ouvido dia 21 na CPI do Paletó; Silval é convocado para dia 2 de março

Foto: Câmara de Cuiabá

Silvio Cesar Correa, ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa, será o primeiro a ser ouvido pela Comissão Parlamentar de Inquérito (PCI) que investiga o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) por suposta quebra de decoro e obstrução da Justiça. A oitivia está marcada para a próxima sexta-feira (21).

Ele foi responsável por gravar o prefeito Emanuel Pinheiro recebendo maços de dinheiro e os colocando no paletó. O dinheiro seria propina para que Pinheiro apoiasse os projetos do Executivo na época em que era deputado estadual, entre os anos de 2012 e 2013.

O ex-chefe do Executivo Estadual deverá prestar depoimento em seguida, no dia 02 de março. As datas foram comunicadas durante a primeira reunião da "CPI do Paletó", realizada nesta sexta-feira (14.02), após a decisão judicial determinando a retomada dos trabalhos.

De acordo com o presidente da CPI, vereador Marcelo Bussiki (PSB), como já tinha sido deliberado em reunião anterior os nomes dos primeiros quatro depoentes, foi apenas informada as datas das oitivas.

“Como já tinham sido definidas as oitivas, nós comunicamos hoje as datas, dando sequência ao trabalho da CPI. São as primeiras deliberações, já que não podem ser reaproveitadas as oitivas feitas anteriormente”, disse.

O terceiro depoente será Valdecir Corrêa, que auxiliou Silvio Corrêa na montagem do equipamento que gravou Emanuel Pinheiro enchendo os bolsos do Paletó. Ele será ouvido em 09 de março.

Já em 16 de março será a vez do ex-secretário de Estado Allan Zanata, pois ele foi o responsável por gravar um áudio junto a Silvio Corrêa, cujo conteúdo supostamente colocaria em risco a delação do ex-governador Silval e, por consequência, o vídeo em que Emanuel Pinheiro é flagrado.

O áudio foi encontrado na casa de Emanuel Pinheiro durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão durante a Operação Malebolge.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet