Cuiabá, quarta-feira, 08/04/2020
14:16:04
informe o texto

Notícias / Política

17/02/2020 às 12:00

Após aprovar cassação de Abílio, Toninho de Souza registra BO por ameaça

A revelação foi feita nesse domingo (16), depois que os ataques virtuais teriam se intensificado.

Camilla Zeni

Após aprovar cassação de Abílio, Toninho de Souza registra BO por ameaça

Foto: Brunna Maria - CMC

Vereador por Cuiabá, Toninho de Souza (PSD) registrou um boletim de ocorrência por ameaça de morte. Ele afirma estar sofrendo retaliação depois de ter aprovado o processo de cassação do vereador Abílio Júnior (PSC). 
 
"Nesses dias houve uma incitação do comitê da maldade dessa turma, e eu recebi algumas ameaças de morte pelas redes sociais. Qual foi a atitude do vereador Toninho de Souza? Eu procurei uma delegacia e registrei um boletim de ocorrência", contou em um vídeo no Instagram.
 
A revelação foi feita nesse domingo (16), depois que os ataques virtuais teriam se intensificado. 
 
Para Toninho, o "linchamento virtual" é fruto de um apelo por parte de Abílio, que ficou insatisfeito com o resultado do seu processo de cassação na Comissão de Ética e Decoro da Câmara de Cuiabá.
 
Toninho de Souza é o presidente da Comissão, que emitiu o parecer pela cassação na quarta-feira passada (12). Segundo o parlamentar, desde então, ele tem recebido diversas mensagens de ódio.
 
Ainda no vídeo, Toninho ponderou que apenas cumpriu seu papel, e lembrou que não foi o responsável por formular a denúncia contra o colega. 
 
Ele também criticou que, dentre 25 vereadores da Casa, Abílio tenha escolhido a ele para "atacar". 
 
Disse ainda que o parlamentar estaria distorcendo as informações para os eleitores, dando a entender que estaria tendo o mandato cassado por "exercer suas obrigações". 
 
Nesse caso, Toninho revelou que, em 2019, a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar já tinha arquivado outros dois processos com pedido de cassação contra Abílio. 
 
No entanto, a última representação, feita pelo suplente de Abílio, o ex-vereador Oséas Machado, teria sido devidamente fundamentada e, por isso, recebeu parecer favorável.
 
Ao comentar alguns dos itens que embasaram a cassação do colega, Toninho citou a acusação que Abílio fez em um vídeo nas redes sociais. 
 
Segundo Abílio, quatro vereadores teriam o ameaçado de morte. No entanto, nenhum vereador ou testemunha foi apresentada para sustentar essa acusação. 

Ao Leiagora, Toninho revelou que, depois da publicação, uma nova ameaça foi recebida. Ele vai registrar um novo boletim de ocorrência, na tarde desta segunda-feira (12).
 
Cassação
 
O processo de cassação de Abílio na Câmara foi aberto em outubro de 2019, após representação do suplente de Abílio, Oseas Machado.
 
O relator do processo, vereador Ricardo Saad (PSDB), apresentou o relatório no dia 12 de feveiro, mesma semana em que a Câmara retomou as atividades após o recesso.
 
A sessão, que atrasou por três horas em razão da ausência de um dos membros da Comissão, foi marcada por polêmicas e excessos. 
 
Depois, o vereador Abílio chegou a acusar Saad de tentar uma "troca": para livrá-lo do processo de cassação, queria que Marcelo Bussiki, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI do Paletó) barrasse a investigação.
 
A CPI do Paletó foi aberta em 2018 e investiga quebra de decoro por parte do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). Ele foi flagrado recebendo suposto dinheiro de propina, quando era deputado estadual. O vídeo foi anexado à delação do ex-governador Silval Barbosa. 

Leia também
Comissão de Ética acompanha relator e vota pela cassação de Abílio; VEJA VÍDEO

Oposição alega que cassação de Abílio visa anular Operação Sangria

Saad promete processar Abílio por calúnia e difamação; VEJA VÍDEO
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet