Cuiabá, quarta-feira, 08/04/2020
21:50:57
informe o texto

Notícias / Judiciário

21/02/2020 às 18:48

Atentado à OAB-MT quase causa explosão no Centro Político e processos são queimados

A autarquia sofreu dois atentados em 40 dias e processos contra advogados no Tribunal de Ética foram selecionados pelos suspeitos e queimados

Alline Marques

Atentado à OAB-MT quase causa explosão no Centro Político e processos são queimados

Foto: Reprodução

A sede da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional de Mato Grosso (OAB-MT) sofreu dois atentados em 40 dias e processos contra advogados no Tribunal de Ética foram selecionados pelos suspeitos e queimados. Em um dos ataques foram encontrados os galões de combustível que poderia ter causado não apenas explosão do prédio da autarquia, mas também de outros prédios no Centro Político Administrativo.

“Nunca houve um atentado deste nível em nenhuma outra seccional do Brasil e foi realmente por Deus que o estrago não foi maior, porque apreenderam os galões e por pouco não queimou todo o complexo do Centro Político Administrativo, não apenas a OAB”.

O presidente da OAB-MT, Leonardo Campos, informou que a perícia realizada no primeiro atentado, ocorrido no dia 5  de janeiro na sede do Tribunal de Ética, foi criminoso. Neste dia, um homem entrou no prédio, selecionou alguns processos e queimou. O estrago não foi maior porque a equipe de vigilância conseguiu conter o incêndio, já que foram localizados galões de combustíveis no local. De posse do laudo, a Polícia Federal abriu inquérito e iniciou a investigação.

Como o crime ocorreu durante o processo, enquanto o prédio do tribunal passava por recesso, os documentos foram remanejados para a sede da Escola Superior da Advocacia. Local que foi alvo do segundo atentado ocorrido no fim de semana entre os dias 15 e 16. Desta vez dois homens entraram no local e jogaram gasolina para queimar as ações movidas contra advogados, porém, a vigilância evitou que a ação fosse concluída. Até o momento, ninguém foi preso.

Leonardo Campos explicou ainda que como a ação dos bandidos foi frustrada no segundo atentado, a perícia conseguiu mais elementos que podem ajudar na identificação. Tudo foi encaminhado à Polícia Federal que está trabalhando em conjunto com a inteligência da Polícia Civil.

Para tentar recuperar os processos queimados, o presidente explicou que está fazendo um inventário dessas ações, reconstrução e também iniciou a digitalização. Ele garantiu ainda que dá para saber quais os processos foram queimados. “Vamos fazer a comparação e conseguir identificar quem são os beneficiados com estes atentados. Nós temos algumas linhas de investigação, mas por sigilo do inquérito, não posso informar. Já repassei à Polícia Federal o contato de todos os conselheiros”, explicou.

Para Campos, os atentados demonstram que o Tribunal de Ética está no caminho correta e punindo os maus advogados. “Isto denota que o Tribunal de Ética está trabalhando e punindo, cabe a nós cortar na própria carne. Se cobramos das autoridades, temos que fazer o mesmo. (...) Não iremos nos intimidar e vamos continuar com a mesma firmeza”.

Ele ainda admitiu que as facções criminosas estão investindo na formação de profissionais, que acabam tendo uma dívida com o crime organizado. “Existem bandidos com carteira da OAB”.
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet