Cuiabá, segunda-feira, 21/09/2020
07:40:31
informe o texto

Notícias / Esporte

05/03/2020 às 10:56

Ronaldinho Gaúcho é flagrado com documentos falsos no Paraguai

Ex-jogador de futebol e seu empresário estão sob custódia no país

Leiagora

Ronaldinho Gaúcho é flagrado com documentos falsos no Paraguai

Foto: Ministério Público do Paraguai

O ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho foi alvo de uma ação policial no Paraguai, na noite desta quarta-feira (4), por uso de documentos falsos. Agentes da Polícia Nacional autuaram o ex-atleta e seu irmão e empresário, Roberto de Assis Moreira, horas após a dupla desembarcar no país. Ronaldinho participaria, a convite, de eventos sociais que ocorrem hoje (5), na cidade de Lambaré, próximo à capital, Assunção.

Nas redes sociais, a Polícia Nacional informou, sem mencionar nomes, que também deteve a um terceiro brasileiro, um homem de 45 anos. 

ronaldinho_paraguai
Ex-jogador de futebol é detido com documentos falsos no Paraguai - Divulgação/ Ministério Público do Paraguai/Direitos reservados
Ronaldinho, Assis e o homem foram abordados quando jantavam em um restaurante em Assunção. De acordo com a Polícia Nacional, dois passaportes presumivelmente falsos e telefones celulares foram apreendidos na ação. Além de passaportes paraguaios, Ronaldinho e o irmão portavam cédulas de identidade do país vizinho.

De acordo com o Ministério Público do Paraguai, quando chegaram ao país, no fim da manhã, o ex-jogador e seu irmão e empresário já portavam os documentos cuja origem e autenticidade estão sendo investigadas. Autoridades responsáveis pelo controle migratório estranharam o fato, mas autorizaram o ingresso da dupla no país. Só a noite, promotores e policiais foram ao resort a fim de esclarecer a situação.

Segundo o promotor Federico Delfino, do MP paraguaio, Ronaldinho e Assis disseram que viajaram ao Paraguai a convite do dono de um cassino e que, já no país, foram procurados por representantes de uma fundação de assistência para participar de eventos beneficentes.

Ainda de acordo com o promotor, Ronaldinho e o irmão não estão detidos, mas permanecem em Assunção, sob custódia, e terão que prestar novo depoimento às autoridades policiais – provavelmente, amanhã (6).

 
Agência Brasil

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet