Cuiabá, quinta-feira, 16/07/2020
12:24:38
informe o texto

Notícias / Geral

26/03/2020 às 09:55

MT pode ter até 70 internações e 35 casos na UTI por coronavírus em duas semanas

Dados foram expostos pelo jornal The Intercept e seriam de relatório sigiloso da Abin

Camilla Zeni

MT pode ter até 70 internações e 35 casos na UTI por coronavírus em duas semanas

Foto: Reuters

Relatório atribuído a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) apontou que Mato Grosso poderá ter, nas próximas duas semanas, até 105 pessoas internadas em razão da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). Desses, 35 casos devem ser levados para a Unidade de Terapia Intensiva. 

O documento, apesar de sigiloso, foi divulgado pelo jornal The Intercept Brasil na noite de terça-feira (24), depois que o presidente da República, Jair Bolsonro (sem partido), minimizou a seriedade da doença contagiosa.

O relatório apresenta dados de todos os estados e leva em consideração a curva da pandemia em diferentes países como Itália e China, França, Alemanhã e Irã. 

Conforme o documento, se o vírus se comportar de maneira semelhante à curva epidêmica da Itália, China, e do Irã, a situação pode ser mais crítica. 

A tendência é a de que, nesta semana,  sete casos por Covid-19 precisem de internação. Contudo, na semana seguinte, o número salta para 70 casos. O relatório aponta ainda que, nesta semana, pode ser que 4 casos precisem de atendimento na UTI. Já na próxima semana, o número sobe para 35 casos. 

A tabela mostra ainda que isso significaria, para a realizado do estado, a ocupação de cerca de 5% dos leitos totais disponíveis.

Contudo, as autoridades trabalham também com a possibilidade de o vírus seguir a curva epidêmica da França e da Alemanha, ou seja, que o coronavírus pode se comportar da mesma maneira aqui em Mato Grosso. 

Nesse segundo cenário, a situação é mais amena, somando em duas semanas, 24 internações pelo Covid-19, mas 12 casos dependendo da UTI.

Conforme o The Intercept, o documento foi finalizado no fim de segunda-feira e encaminhado para todas as secretarias de Estado de Saúde. Contudo, o secretário de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, negou, em entrevista coletiva nessa quarta-feira (25), que tenha conhecimento dessas projeções.

O último boletim divulgado pela secretaria estadual apontava, até quarta-feira, a existência de nove casos confirmados e 326 suspeitos. No Brasil o número é de 57 mortes confirmadas em razão da doença e 2.433 casos confirmados de infecção.

Confira a publicação do The Intercept na íntegra.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet