Cuiabá, sexta-feira, 29/05/2020
06:05:17
informe o texto

Notícias / Política

01/04/2020 às 15:52

Abílio e Dilemário se filiam no Podemos e se articulam para eleição municipal

O partido deu carta branca para Abilio ser candidato, caso consiga reverter a cassação e reaver os direitos políticos na Justiça

Alline Marques

Abílio e Dilemário se filiam no Podemos e se articulam para eleição municipal

Foto: Assessoria

O vereador cassado Abílio Júnior e o vereador Dilemário Alencar se filiaram no Podemos nesta terça-feira (31) na sede do Diretório Estadual do Podemos. As filiações contaram com o aval da senadora Selma Arruda e do presidente do partido em Mato Grosso, o deputado federal José Medeiros.

No último domingo, a senadora Selma postou em sua rede social o registro de uma foto de um encontro, em sua casa, em Chapada dos Guimarães, onde recebeu Abílio e Dilemário, além de Wilson Kero Kero, que já havia anunciado que diexaria o PSL para migrar pro Podemos.

Na postagem Selma, citou a frase: “Juntos por Cuiabá! Precisamos trabalhar para o desenvolvimento da cidade e proporcionar oportunidades para todos”. Também estev presente no encontro o suplente de deputado federal Rafael Ranalli (Pros), outro que também deve mudar de sigla. 

O prazo final de filiação para quem deseja disputar as eleições deste ano se encerra no próximo dia 4.

Abílio Júnior estava filiado ao PSC e havia inclusive assumido a presidência do partido na capital, no entnato, recebeu a garantia das principais lideranças do Podemos de que terá carta branca para ser o candidato do partido a prefeito de Cuiabá na eleição de outubro deste ano. Para isso, Abílio terá que reverter a cassção e reaver os direitos políticos na Justiça, visto que teve o seu mandato cassado por 14 vereadores aliados do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

Já o vereador Dilemário Alencar estava filiado no PROS. Outro parlamentar de oposição à gestão do atual do prefeito municipal e estava de malas prontas par ao PSC. Ele chegou a confirmar a informação neste semana, mas tomou outro rumo. 

“Nós do Podemos estamos muito satisfeitos com a adesão do Abílio e do Dilemário. O partido se fortalece muito com essas duas filiações para a disputa dos cargos de prefeito e de vereador, pois a meta do nosso partido é eleger o futuro prefeito de Cuiabá e no mínimo quatro vereadores”, disse Benedito Lucas, secretário geral do Podemos em Mato Grosso.

O Podemos já vinha se aproximando do grupo de oposição desde quando o vice-prefeito Niuan Ribeiro rompeu com Emanuel Pinheiro. Niuan inclusive comanda a sigla em Cuiabá e ensaiava uma candidatura a prefeito, mas acabou ficando na suplência de Medeiros na chapa para eleição suplementar. 

 
Com informações da assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet