Cuiabá, quarta-feira, 02/12/2020
02:28:30
informe o texto

Notícias / Política

04/04/2020 às 11:20

Prefeito mantém comércio fechado, fala em rodízio de carros e toque de recolher

O anúncio das novas medidas restritivas foi feito pelo prefeito na manhã deste sábado (04), por meio de live.

Luzia Araújo

Prefeito mantém comércio fechado, fala em rodízio de carros e toque de recolher

Foto: Luiz Alves

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, prorrogou para até 10 maio as medidas restritivas de prevenção ao contágio ao novo Coronovírus na cidade. Com exceção das atividades comerciais que permanecem suspensas até o dia 21 de abril. 

As medidas passam a valer a partir da próxima segunda-feira (06), quando será publicado o decreto no Diário Oficial. Confira o decreto completo aqui. O anúncio das novas medidas restritivas foi feito pelo prefeito na manhã deste sábado (04), por meio de live. 

As aulas na rede municipal de ensino continuarão suspensas até o dia 10 de maio. A alimentação dos alunos de baixa renda será garantida pelo órgão nesse período. Alunos do Ensino Fundamental (1° ao 9º Ano) e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), irão receber as atividades educacionais na forma virtual (EAD). 


Os atendimentos Cras, Creas, albergues e abrigos continuarão de forma individual até o dia 10 de maio. O restaurante popular permanecerá oferecendo marmitex às pessoas em situação de rua nesse período.

Também de 06 de abril a 10 de maio continuará circulando 30% da frota de ônibus na cidade, sendo que 10% dos veículos serão destinados apenas para trabalhadores da área de saúde. Os coletivos deverão ser higienizados diariamente pelas empresas responsáveis e transportar apenas 50% da capacidade total do veículo. O restante da frota será destinada às pessoas que exercem atividades em serviços essenciais, desde que seja devidamente comprovado. 

Ainda até 10 de maio, ficarão suspensas os atendimentos e procedimentos eletivos na rede municipal de saúde e o antigo Pronto-Socorro de Cuiabá continuará como hospital referência no atendimento aos casos de coronavírus na cidade. 

Já nas atividades de serviços públicos, os servidores permanecerão realizando os trabalhos por meio de home-office, até o dia 10 de maio, com exceção dos profissionais da saúde, fiscalização e vigilantes.  

Atividades comerciais

As atividades comerciais em Cuiabá permanecem suspensas no período de 06 a 21 de abril, entre elas estão comércios, shopping, bares, restaurantes, igrejas e feiras livres. A realização de eventos com grande concentração de público também permanece paralisada durante esse período. A ordem também se aplica aos ambulantes. 

A novidade é que a partir do dia 06, o prefeito liberou o funcionamento, em regime especial e seguindo as medidas de higienização, de lavanderias, autopeças, lava jato e dedetizadoras. 

De acordo com o prefeito, as medidas são necessárias para evitar a propagação do vírus. Além disso, Emanuel disse que “posso pecar pelo excesso, mas não pela omissão”. Ele também ressaltou que o órgão, junto com a comissão de combate ao Coronavírus, estará monitorando a eficácia das medidas e a colaboração da população. “Não vou deixar Cuiabá se tornar uma nova Milão, por isso é preciso a compreensão e colaboração de todos”, disse.  

Rodízio e toque de recolher

Entre as novas medidas, o prefeito disse que poderá adotar ainda rodízio de veículos e toque de recolher dependendo do relatório técnico do grupo de fiscalização unificada. A decisão será condicionada à análise no decorrer da semana após a publicação do Diário Oficial.

“Criamos este grupo com equipes de várias secretarias que farão as fiscalizações em todo o município. Eles me entregarão um relatório semanal, e dependendo do resultado deste relatório vou decidir se será necessário adotar essas medidas. Não é o meu desejo, mas se for preciso nós vamos aderir, para evitar a propagação do vírus”.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Regina Ferreira 05/04/2020 às 00:00

    Toque de recolher? Rodízio de carros?Se já disseram pra gente andar de máscaras , agora toque de recolher ? Rodízio de carros? Que era este prefeito está? Agora é ditadura? Agora ele faz o que ele quer? Sem consultar ninguém? Eu hein?

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet