Cuiabá, terça-feira, 02/06/2020
16:56:06
informe o texto

Notícias / Esporte

19/04/2020 às 08:58

Empresários superaram pandemia com locação de equipamentos de academia

Com a pandemia do Coronavírus, os empresários locam bikes e kits de pump para exercitar em casa

Luzia Araújo

Empresários superaram pandemia com locação de equipamentos de academia

Foto: Instagram

Já pensou em ter equipamentos de academia em casa para manter a rotina de treino e ainda continuar com o corpo em forma na quarentena? Quem se exercita regularmente em academias ficou sem saber para onde ir depois que comércios tiveram que fechar as portas com a pandemia do Coronavírus. 

Para ajudar pessoas a manterem o corpo em forma e a mente saudável, além de faturar uma “graninha” para não terminar o mês no vermelho durante o confinamento, o casal Juliana Piaia Pael e Emerson Gomer Pael resolveu locar equipamentos da academia da qual são proprietários: a Pró Energy Fitness Center. 

Os dois são especialistas em educação física e há nove anos comandam uma academia no bairro Verdão, em Cuiabá. Em torno de 600 a 700 alunos chegam a passar pelo local, onde praticam aulas de musculação, ginástica e muay thai. Porém, com a pandemia do Coronavírus os empresários tiveram de suspender as atividades da academia por tempo indeterminado. 

Foi quando uma aluna mostrou para Juliana que outros proprietários do ramo estavam locando equipamentos para os clientes treinarem em casa durante a quarentena e dessa forma continuar mantendo o condicionamento físico e diminuindo o estresse do isolamento social. 

Na hora, a professora de educação física adorou a ideia e resolveu mostrar para o marido, já que toda as decisões do casal são tomadas em conjunto. A princípio Emerson não aprovou a ideia, mas depois de voltar de uma aula como personal, o empresário também concordou que o serviço daria certo. 

“Então, depois que ele concordou, comecei a pensar em como faríamos. Já sentei no computador e digitei os contratos elaborando as cláusulas do que precisamos para nossa segurança, porque são equipamentos caros. Aí começamos a locar”, contou Juliana.

No início, a ideia dos empresários eram locar apenas 16 bikes de spinning, que era parte do equipamentos que possuem na academia.  “Comecei a divulgar nos grupos de Whatsapp dos nossos próprios clientes. Não quis colocar na web, porque não tínhamos muitos equipamentos, mas  a mensagem ganhou grande circulação e acabamos locando apenas para uma aluna e o restou foi tudo para novos clientes. Isso foi muito bom, porque as pessoas passaram a conhecer a nossa academia”. 

Em dois dias, Juliana e Emerson não tinham mais equipamentos para locar. Nesse mesmo período, os pedidos por aparelhos para treinar em casa continuavam e o casal resolveu locar o resto das bikes que tinham e mais 26 kits de pump, formado por barra e anilhas. “De 16, foram para 23 bikes. Locamos todas”, disse a empresária. 

Quem não perdeu tempo e locou uma bicicleta, foi a professora de educação física, Talita Ferreira Biedrzycki. Há 8 meses, ela voltou a praticar exercícios físicos como forma de reconquistar a saúde física e mental e melhorar a qualidade de vida. “Estar na academia era a melhor parte do meu dia. Nesse tempo, emagreci 30 kg com a musculação e retomei minha paixão pelas aulas de Bike Indoor, mas no auge da minha motivação fomos pegos por essa pandemia e conscientizados a nos isolarmos socialmente”, contou.

No começo, Talita continuou fazendo os treinos sozinha em casa do jeito que dava, porém não estava alcançado o resultado que esperava. Além disso, a professora precisava se sentir próxima do ambiente da academia e a bike era o que mais funcionava como motivação para ela. 

“Um dia vi um anúncio de outro estabelecimento, locando equipamentos e resolvi, na mesma hora, mandar uma mensagem para Juliana e Emerson, quase implorando para me locarem uma bike. No dia seguinte, já tive o retorno, muito atenciosamente, oferecendo não só a opção de bike, como outros equipamentos de treino também. Foi o que me manteve e ainda mantém motivada”.

Talita se exercita na bike todos os dias, aproveitando as lives que muitos profissionais estão ofertando nas redes sociais, mas antes ela se certifica da qualidade e certificação profissional deles. “Estou há 25 dias com o aparelho locado e assim me mantenho saudável fisicamente e bem mentalmente. Ter essa opção foi incrível, prova de que não só, nós, clientes, tivemos que nos adaptar, mas que as academias também precisaram se reinventar para sobreviver ao fechamento temporário e, ao mesmo tempo, fidelizar seus clientes, pois é assim que eu vejo, uma relação de troca favorável para as duas partes”, disse a professora. 

Faturamento

O valor de locação da bike é R$20 por dia e o período mínimo de locação são de 15 dias. O frete também é cobrado. Já o kit pump é R$15, mais o valor do frete. Com isso, os empresários devem faturar em torno de R$ 18 mil por mês. 

“É muito pouco perto das despesas que temos com a academia, mas, na verdade, foi a medida que conseguimos ter no momento. Para nós valeu a pena, porque saímos do “marco zero” de nada de receita para R$ 18 mil. Foi uma forma para minimizar o prejuízo”, destacou Juliana. 

Além das locações, os empresários ainda disponibilizaram aulas com treinos online nas redes sociais da academia, sem custo aos clientes. De acordo com Juliana, a intenção deles é manter o serviço mesmo após a pandemia. 

“Hoje a nossa intensão é manter a locação. Se não totalmente, pelo menos uma parte dela, porque sabemos que as atividades vão retornar, mas não no mesmo fluxo de antes. Neste momento, estamos aguardando o que as autoridades irão decretar. Se voltar com algumas restrições, principalmente de proximidade e com 50% dos alunos, vamos continuar locando os equipamento, para continuarmos recebendo esse dinheiro em caixa”. 

A professora disse ainda que o empresário precisa estar informado do que está acontecendo, porque existem muitas coisas que irão o beneficiar na administração de um negócio. “O que vai nos ajudar a superar essa crise, além das entradas da locação e dos planos que fechamos a longo prazo, são também as medidas que o Governo está lançando. Estamos fazendo uso de todas elas. Temos que pesquisar, ler, assistir, nos informar e verificar se algumas delas vai favorecer a empresa”, finalizou.  

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet