Cuiabá, sexta-feira, 10/07/2020
11:58:13
informe o texto

Notícias / Política

02/05/2020 às 11:15

Com 26% do total de municípios atingidos, região oeste requer mais investimentos

O deputado estadual Dr. Gimenez solicita ao governo estadual aporte de recursos para os municípios na fronteira com a Bolívia onde já houve 27 casos e 02 mortes

Leiagora

Com 26% do total de municípios atingidos, região oeste requer mais investimentos

Foto: Assessoria

No início de abril, não havia nenhum caso de coronavírus (Covid-19) nos 22 municípios da região oeste de Mato Grosso. Mas, 25 dias depois, já são 27 casos, em oito municípios e dois óbitos. Com uma curva de contágio ascendente, a região que possui mais de 300 mil habitantes e faz fronteira com a Bolívia já concentra 18% de mortes, 9,2% dos casos e 26% do total de cidades onde a doença foi confirmada até essa quarta-feira (29).  

Preocupado com as próximas semanas, o deputado estadual Dr. Gimenez (PV) cobra da gestão estadual mais atenção à região e também aporte financeiro para estruturar a rede de atendimento para receber os pacientes, principalmente em municípios como Cáceres, Pontes e Lacerda e São José dos Quatro Marcos, que possuem hospitais aptos para o serviço.

“Já fiz uma indicação, há duas semanas, quando tínhamos apenas sete casos confirmados na região, de instalação emergencial de quatro novos leitos de UTI [Unidade de Terapia Intensiva] em pontos estratégicos, que são os municípios de Quatro Marcos e Pontes e Lacerda, o que evitaria deslocamentos desnecessários para Cáceres ou Cuiabá, onde temos os hospitais de referência, isso inclusive reforçaria a descentralização da saúde que é uma bandeira minha como médico”.

O parlamentar lamenta que as demandas ainda não tenham sido atendidas pelo poder executivo. Enquanto isso, o número de casos confirmados vem aumentando. Do total de 292 até ontem (29) – dados da Secretaria de Estado de Saúde -, 27 eram na região oeste: Cáceres (07), Mirassol D’Oeste (08), Quatro Marcos (06), Rio Branco (02), Vila Bela da Santíssima Trindade (01), Pontes e Lacerda (01), Lambari D’Oeste (01) e Conquista d’Oeste (01).

Já os óbitos aconteceram em Cáceres e Mirassol D’Oeste, respectivamente, um paciente idoso, 82 anos, e uma estudante de 24 anos. Em Mato Grosso, são 11 óbitos confirmados. “Temos inclusive um relatório da Defensoria Pública e do Ministério Público pedindo pela interiorização dos leitos de UTI, pois o Hospital Regional mais próximo fica em Cáceres, distante 220 km de Pontes e Lacerda”, destaca o deputado que é favorável à reestruturação da rede. 

 
Da assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet