Cuiabá, sexta-feira, 29/05/2020
10:13:21
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

04/05/2020 às 14:07

Stábile permanece sem aposentadoria

Leiagora

Stábile permanece sem aposentadoria

Foto: Reprodução

O ex-desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Evandro Stábile, vai permanecer sem direito a aposentadoria. Stábile foi condenado por venda de sentenças em 2015 e perdeu o direito a aposentadoria no dia 6 de abril de 2020. 

Stábile, que recebia R$ 35,4 mil por mês desde que foi aposentado compulsoriamente, recorreu da decisão que proibiu seu pagamento. Contudo, o desembargador Rui Ramos manteve a decisão.

O pagamento da aposentadoria foi cortado pelo presidente do TJMT, desembargador Carlos Alberto da Rocha, por determinação da ministra do Superior Tribunal de Justiça, Nancy Andrighi.

Leia também
Condenado há cinco anos por venda de sentenças, desembargador perde cargo e salário
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet