Cuiabá, terça-feira, 27/10/2020
23:26:02
informe o texto

Notícias / Política

11/05/2020 às 13:02

Misael recebe notificação em posto de gasolina e nega ter fugido de oficial

O presidente da Câmara disse estar indignado com as atitudes de Abílio, mas irá cumprir a decisão.

Alline Marques

Misael recebe notificação em posto de gasolina e nega ter fugido de oficial

Foto: Câmara de Cuiabá

Depois de fugir do oficial de justiça por quatro dias, o presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PTB), foi finalmente notificado, em um posto de gasolina, da decisão que determina o retorno imediato do vereador Abílio Junior (Podemos). 

Misael havia agendado para ser notificado às 13h na Câmara de Cuiabá, mas acabou surpreendido em um posto de gasolina. No entanto, o presidente desmentiu que estivesse fugindo do oficial. Em nota, explicou que
o recebimento da notificação foi uma iniciativa dele, já que ligou para o oficial para informar onde estaria. 

Com a notificação, Abílio será reintegrado automaticamente ao quadro de vereadores do Parlamento Municipal, podendo exercer as suas atividades normalmente, e deve participar da sessão já nesta terça (12).  

A tendência é que Misael recorra da decisão até sexta-feira (15). Na semana passada, ele já havia anunciado que apresentaria recurso cabível no intuito de garantir que Abílio ficasse de fora da Câmara de Cuiabá. O petebista afirma que houve lisura em todo o processo que culminou na cassação de Abílio, e garantiu que irá mostrar isso ao juízo. 

Ainda me nota, Misael manifestou indignação com a conduta de Abílio Jr. — principalmente pelo ato irresponsável de expor a família de Misael, ao filmar a fachada de sua casa para mídias sociais. Ele justificou que esteve na Câmara na quinta-feira (7) de manhã e não foi notificado. À tarde e na sexta-feira já havia compromissos e, na primeira oportunidade, ligou e recebeu o oficial, fato que só ocorreu no fim da manhã de hoje.

"O presidente da Câmara lamenta a conduta de Abílio Jr. que denota irresponsabilidade, falta de respeito, pirotecnia e ego inflado — pois não consegue ao menos esperar o primeiro dia útil da semana. Uma conduta já conhecida e que o levou ao processo de cassação no legislativo municipal e que só comprova seu despreparo para defender os interesses da população cuiabana", traz trecho da nota.

Por fim, o presidente da Câmara declara diz que cumprirá a decisão. “Sou legalista e, acima de tudo, um gestor e vou cumprir os ritos, a legalidade e brigar pelo exercício da democracia”.

Misael anunciou ainda uma coletiva online pelo Facebook e Instagram oficiais da Câmara Municipal, nesta terça-feira (12), às 9h.
 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jurema 11/05/2020 às 00:00

    Misael virou frentista agora? Se é vereador porque não estava na câmara?

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet