Cuiabá, sexta-feira, 05/06/2020
03:27:36
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

13/05/2020 às 14:12

Moção polêmica na Assembleia

Leiagora

Moção polêmica na Assembleia

Foto: Fablício Rodrigues/ALMT

Causou polêmica na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) moção de aplausos apresentada pelo deputado Xuxu Dal’Molin (PSC) à gigante empresa do ramo alimentício JBS. O ato de “reconhecimento” foi proposto pelo parlamentar em razão de uma doação feita pela empresa para a construção de leitos hospitalares no norte do Estado.

Ocorre que não repercutiu bem entre os deputados a proposta. Wilson Santos (PSDB) foi o primeiro a se opor e pediu que Xuxu retirasse a moção, considerando o histórico de corrupção já declarado pela empresa e o pedido não era bom para a AL em nenhuma das vias: se aprovasse a moção, aplaudiu uma empresa corrupção; se não aprovasse, geraria desgaste com a empresa.

Xuxu se negou a tirar a moção e chegou a cutucar Wilson, alegando que, se fosse fazer um resgate histórico, nem mesmo alguns deputados da casa sairiam limpos. Já a deputada Janaina Riva (MDB) e o deputado Paulo Araújo (Progressistas) consideraram que a moção é um incentivo para que empresas privadas invistam mais em Mato Grosso. 

A moção foi aprovada por 11 votos a 10, sendo que o voto de minerva foi o do presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (DEM). O parlamentar chegou a dizer que esse era seu primeiro voto de desempate, e, “já que é pela saúde”, aprovou. Depois, emendou: “Depois a gente vota uma de pesar pelas outras ações de [corrupção]”.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet