Cuiabá, sexta-feira, 29/05/2020
09:39:07
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

13/05/2020 às 18:21

Auxílio ou voucher?

Leiagora

Auxílio ou voucher?

Foto: Fablício Rodrigues/ALMT

Causou espanto durante votação da Assembleia Legislativa uma informação do deputado estadual Wilson Santos (PSDB) de que os professores interinos do governo do estado que receberem auxílio emergencial precisarão devolver o benefício depois. O tucano comentou que o valor poderia ser descontado parceladamente do salário dos professores. “É só uma ajuda emergencial para colocar comida na mesa do pai de família”, disse o deputado.

No entanto, a informação não consta do texto de um projeto substitutivo que está em votação na sessão desta quarta-feira (13). Segundo o deputado Valdir Barranco, Wilson deve ter se equivocado. “Não é voucher, é um auxílio emergencial, sem devolução”.

Mas Wilson está certo de que esse desconto vai ser aplicado. “Um grupo de deputados defende aqui na Assembleia que o governo crie uma ajuda emergencial para ultrapassar essa fase da pandemia. E aí, quando retornar as aulas, que seja executado o contrato e faça o desconto parceladamente daquilo que vai ser feito a título de adiantamento”, disse, em entrevista à reportagem do Playgora.

Cabe destacar que o benefício que pode ou não ser descontado dos professores é de R$ 1,1 mil, ou seja, menos da metade do que um projeto de lei anterior - de autoria do próprio Wilson Santos - propunha. Antes o valor previsto era de R$ 2,5 mil.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet