Cuiabá, sexta-feira, 29/05/2020
09:54:40
informe o texto

Notícias / Polícia

20/05/2020 às 13:30

Polícia Civil prende último integrante de grupo envolvido com roubos e adulteração de veículos

As investigações iniciaram no dia 07 de abril, quando outros três integrantes do grupo foram presos

Leiagora

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá), prendeu na terça-feira (19), o último integrante de um grupo criminoso especializado em roubos e adulteração de veículos.

As investigações iniciaram no dia 07 de abril, quando outros três integrantes do grupo foram presos pela atuação na aquisição, adulteração e desmontagem de automóveis. Na ocasião, o suspeito conseguiu foragir antes de ser detido.

Em continuidade as investigações, no dia 28 de abril, os policiais da Derf Barra do Garças localizaram e apreenderam uma caminhonete D-20 e um caminhão de propriedade de um dos integrantes do grupo, que estavam escondidos em uma chácara. Na caminhonete apreendida foi identificado que o motor e o câmbio foram trocados pelos de uma caminhonete Silverado, furtada no ano de 2017, na cidade de Itaberaí (GO).

Segundo as investigações, o último integrante do grupo a ser preso, na terça-feira (19), tinha a função de adquirir as caminhonetes através de meios ilícitos (furtos/roubos) e encaminhá-las a Barra do Garças para serem adulterados ou desmanchados.

Os desmontes de dos veículos aconteciam em uma empresa de reciclagem de propriedade outro integrantes da quadrilha. Após a fuga do quarto e último integrante do grupo criminoso, o delegado Nelder Pereira Martins, representou pelos mandados de prisão e de busca e apreensão contra o suspeito, que foi decretado pela Segunda Vara Criminal de Barra do Garças.

Com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Barra do Garças, os investigadores da Derf iniciaram as diligências para dar cumprimento a ordem de prisão contra o foragido.

Segundo o delegado, Nelder Pereira Martins, desde a prisão dos seus comparsas, o suspeito foragiu para vários estados brasileiros e chegou até sair do país. “As equipes não descansaram até dar cumprimento ao mandado de prisão contra o foragido, cumprindo sua atribuição de investigar e reprimir condutas criminosas, isolando seus autores da sociedade”, disse o delegado.

Os suspeitos foram encaminhados à Cadeia Pública de Barra do Garças e responderão pelos crimes de adulteração de sinal identificador de veículo, receptação e associação criminosa.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet