Cuiabá, sábado, 11/07/2020
22:42:08
informe o texto

Notícias / Geral

27/05/2020 às 15:41

Taxa de isolamento social em Mato Grosso vai de 24% a 58%; estado é o 6º pior no país

Cidade com maior número de pessoas em isolamento é Santa Terezinha, no extremo norte do Estado

Camilla Zeni

Taxa de isolamento social em Mato Grosso vai de 24% a 58%; estado é o 6º pior no país

Foto: Luiz Alves/Secom

Mato Grosso ocupa, nesta quarta-feira (27), a 6ª posição no ranking de piores taxas de isolamento social no país, frente a pandemia do novo coronavírus. A informação foi confirmada pelo secretário de Saúde do estado, Gilberto Figueiredo, durante audiência pública na Assembleia Legislativa.

Gilberto apresentou uma tabela na qual aponta a taxa isolamento nos municípios do Estado. Segundo ele, embora esteja abaixo do que é considerado ideal para a pandemia, superior a 60%, algumas cidades estão próximas da meta. 

É o caso de Santa Terezinha, localizada no extremo norte do estado. O município em questão, segundo o IBGE, tem cerca de 8.371 pessoas. Por lá a taxa de isolamento é de 58% dos habitantes. 

Contudo, o baixo número de moradores não tem relação com a taxa. Isso porque o município com pior avaliação de isolamento é Lambari D'Oeste, onde a população estimada pelo IBGE não passa de 6.121 pessoas. Segundo Gilberto, apenas 24% desse município está em quarentena.

Em relação às principais cidades, os dados trazem números próximos. Para o secretário, isso se dá porque “uma ponte não é suficiente para separar os municípios”. No caso de Cuiabá, o monitoramento aponta taxa de 38% de isolamento. Em Várzea Grande, por sua vez, o cálculo aponta que 36% do município está em quarentena. 

Nas duas cidades a maioria das atividades econômicas já voltaram a funcionar. Em Cuiabá, contudo, diferentemente do município vizinho, bares, restaurantes e academias ainda não têm autorização para abertura. A expectativa é de que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) libere os setores nessa quinta-feira (28), depois de dois meses com atividades paralisadas.

O secretário também informou que, no início das medidas de prevenção ao coronavírus, quando o governo decretou o fechamento das atividades, Cuiabá apresentava taxa superior a 60% de isolamento.

Cenário nacional
De acordo com o portal Inloco, responsável pelo monitoramento das taxas de isolamento no Brasil, com uma taxa de 38,1%, Mato Grosso apenas apresenta desempenho melhor que os estados Minas Gerais (37,9), Paraná (37,8), Mato Grosso do Sul (37,7), Tocantins (37,2) e Goiás (36,6). Os estados com melhores indicadores são o Amapá (52,2), Acre (47,4), Ceará (46,5), Pernambuco (46,4) e Bahia (45,6).

Estados onde a pandemia do coronavírus está em números alarmantes, São Paulo tem 41% da população em isolamento, enquanto o Rio de Janeiro tem taxa de 44,1%.

Segundo o Ministério da Saúde, com dados atualizados na noite de terça-feira (26), o Brasil tem 391.222 casos confirmados de infecção pelo novo vírus. O número de mortos em decorrência da doença chegou a 24.512.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet